Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link
Fatos rápidos

Morte cerebral

Por

The Manual's Editorial Staff

Última revisão/alteração completa fev 2021| Última modificação do conteúdo fev 2021
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha os detalhes completos

O que é morte cerebral?

Na morte cerebral, o cérebro de uma pessoa parou completamente de funcionar, mas o corpo está sendo mantido vivo por aparelhos de respiração e medicamentos.

  • As pessoas com morte cerebral não estão conscientes e não conseguem pensar ou sentir

  • Elas não conseguem se mover ou respirar

  • Seu cérebro deixa de controlar as funções automáticas do corpo, como frequência cardíaca e pressão arterial

  • As pessoas não se recuperam, e o corpo morre dentro de alguns dias, não importa o que os médicos façam

  • As pessoas com morte cerebral são consideradas legalmente mortas

Os aparelhos podem respirar por alguém que tem morte cerebral, e medicamentos podem manter o coração batendo por um curto período. No entanto, no final, todos os órgãos da pessoa param de funcionar. Se era desejo da pessoa ser doadora de órgãos, os médicos podem conseguir utilizar seus órgãos para transplante. Mas a doação de órgãos precisa ser feita antes que os órgãos parem de funcionar.

Pessoas com morte cerebral jamais se recuperam. Morte cerebral é diferente de coma. Pessoas em coma têm alguma função cerebral e, às vezes, se recuperam.

O que causa morte cerebral?

A morte cerebral é causada por lesão cerebral grave decorrente de:

Esses problemas normalmente causam inchaço cerebral. O inchaço cerebral aumenta a pressão no interior da cabeça da pessoa. Esse aumento de pressão acaba interrompendo inteiramente o fluxo de sangue para o cérebro. Uma vez que o fluxo de sangue tenha sido cortado, ocorre morte cerebral.

Como os médicos sabem se uma pessoa está com morte cerebral?

Os médicos primeiramente se certificam de que a pessoa não está com um problema médico que cause coma profundo semelhante a morte cerebral. Esses problemas incluem:

  • Superdosagem de certos tipos de medicamentos

  • Temperatura corporal extremamente baixa (hipotermia)

Se a pessoa não tiver nenhum desses problemas, os médicos realizam um exame físico para detectar sinais de atividade cerebral incluindo:

  • Tentar respirar se o ventilador for desligado

  • Recuar ou se mover ao ser beliscada ou picada com uma agulha

  • Engasgar com algo colocado na parte posterior da garganta

  • Piscar se algo tocar em um globo ocular

  • Pupilas se estreitando em resposta à luz de uma lanterna

Se não houver nenhum sinal de atividade cerebral, os médicos às vezes repetem os testes 6 a 24 horas mais tarde para terem certeza de que a pessoa continua a não mostrar nenhuma resposta. Após repetirem os testes duas vezes sem nenhuma resposta, os médicos sabem que a pessoa tem morte cerebral.

Em vez de esperar um dia para repetir o exame, os médicos podem realizar:

  • Exames de ondas cerebrais (EEG) para verificar se o cérebro possui qualquer atividade elétrica

  • Exames de fluxo sanguíneo para verificar se algum sangue está chegando ao cérebro

As pessoas sem nenhuma atividade elétrica ou fluxo de sangue no cérebro têm morte cerebral. Porém, esses testes não são necessários.

O que os médicos fazem se alguém está com morte cerebral?

Como morte cerebral significa que a pessoa está legalmente morta, os órgãos da pessoa podem ser doados para alguém com necessidade de um transplante de órgão. Não é necessário esperar que o coração da pessoa pare de bater para realizar a doação. Os órgãos são retirados apenas se a pessoa ou a família desejar doá-los. O ventilador e os medicamentos de apoio são mantidos até que isso seja feito. Os órgãos são removidos cuidadosamente, e o corpo é tratado com grande respeito. Em seguida, os médicos:

  • Desligam o ventilador

  • Interrompem qualquer medicamento

  • Liberam o corpo para o instituto médico legal ou a funerária

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

OUTROS TÓPICOS NESTE CAPÍTULO

Obtenha o
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Teste os seus conhecimentos

Transtorno obsessivo-compulsivo
O transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) é caracterizado por obsessões ou compulsões. As obsessões são pensamentos, impulsos ou imagens problemáticos que ocupam a mente excessivamente. As compulsões (rituais) são atos reais ou mentais que as pessoas se sentem compelidas a realizar repetidamente para diminuir a sua ansiedade. Qual das opções seguintes é a faixa etária durante a qual o TOC normalmente aparece pela primeira vez?
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS