Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando
Fatos rápidos

Angiografia

Por

The Manual's Editorial Staff

Última revisão/alteração completa out 2019| Última modificação do conteúdo out 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha os detalhes completos
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

O que é a angiografia (angiograma)?

O radical “angio” é um termo médico que significa vasos sanguíneos, e o radical “grafia” tem a ver com imagens (por exemplo, fotografia). Dessa forma, angiografia significa fazer imagens dos vasos sanguíneos. As imagens são obtidas através de radiografia. A imagem obtida é então chamada de angiograma.

Normalmente, o médico precisa apenas ver imagens de apenas um ou dois vasos sanguíneos em uma área problemática, e não de todos os vasos sanguíneos da pessoa. Para poder obter essas imagens, o médico utiliza uma agulha para inserir um cateter (um tubo fino e flexível) em um vaso sanguíneo próximo à área problemática. Ele então injeta um líquido (denominado meio de contraste) através do cateter. O meio de contraste aparece no aparelho de radiografia (vídeo ou fotografias) e, com isso, ele delineia a parte interna dos vasos sanguíneos. As imagens mostram se o sangue está fluindo bem ou não, e se existem problemas nos vasos sanguíneos da pessoa.

  • Normalmente, os médicos inserem o cateter através de uma pequena incisão na virilha ou no braço da pessoa

  • A angiografia é utilizada para tentar detectar problemas nos vasos sanguíneos

  • Durante uma angiografia, é possível que o médico também trate eventuais problemas que sejam observados nos vasos sanguíneos

Por que é necessário fazer uma angiografia?

A pessoa pode precisar de uma angiografia, se o médico acreditar que ela tem problemas nos vasos sanguíneos como:

  • Uma obstrução (por exemplo, um coágulo sanguíneo que causou um ataque cardíaco ou acidente vascular cerebral)

  • Um estreitamento (por exemplo, aquele causado pelo enrijecimento das artérias)

  • Uma dilatação em uma parede enfraquecida de um vaso sanguíneo (aneurisma)

  • Lacerações nos vasos sanguíneos

Os médicos costumam realizar a angiografia nas artérias. As artérias são os vasos sanguíneos que transportam o sangue a partir do coração. Quando a angiografia é realizada nas artérias, ela é chamada de arteriografia.

Os médicos realizam angiografia nas veias com menos frequência. As veias são os vasos sanguíneos que transportam o sangue de volta ao coração. Quando a angiografia é realizada nas veias, ela é chamada de venografia.

O que acontece durante uma angiografia?

O exame pode demorar menos de uma hora ou ter várias horas de duração, dependendo de quais vasos sanguíneos o médico deseja examinar.

Antes do exame

O médico normalmente pede à pessoa para não comer ou beber por, no mínimo, 12 horas.

Durante o exame

  • A pessoa recebe um medicamento que a ajuda a relaxar, mas não faz com que ela durma

  • O médico aplica uma injeção para anestesiar o local onde ele irá fazer uma pequena incisão, que costuma ser feita na virilha ou, às vezes, no braço da pessoa

  • Depois disso, o médico insere um cateter na incisão e o empurra até chegar ao vaso sanguíneo que ele deseja ver

  • A seguir, ele injeta o meio de contraste através do cateter

  • Um aparelho de radiografia captura imagens conforme o meio de contraste flui através dos vasos sanguíneos da pessoa

  • Durante o exame, é possível que o médico peça à pessoa para respirar fundo, prender a respiração ou tossir

Após o exame

O médico remove o cateter e aplica compressão à incisão para evitar a ocorrência de hemorragia. Pode ser necessário que a pessoa fique deitada por várias horas. Às vezes, a pessoa precisa passar a noite no hospital. É possível que o médico recomende à pessoa que descanse e beba bastantes líquidos.

Quais são os riscos de realizar uma angiografia?

Radiação

A angiografia expõe a pessoa a uma quantidade maior de radiação do que a gerada por uma radiografia simples. Os médicos tentam limitar a quantidade total de radiação à qual a pessoa é exposta durante a vida. Um excesso de radiação pode aumentar o risco de a pessoa ter câncer.

Outros problemas

  • As agulhas podem causar um pouco de dor

  • Algumas pessoas sentem desconforto quando o meio de contraste é injetado

  • Algumas pessoas apresentam uma reação alérgica ao meio de contraste (por exemplo, espirros, erupção cutânea ou dificuldade em respirar)

  • Se a pessoa tiver problemas renais (como insuficiência renal), o meio de contraste pode piorar o problema

  • É possível que ocorra hemorragia, infecção ou dor na região do corpo em que o médico insere o cateter

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Ultrassonografia na gestação: Técnica
Vídeo
Ultrassonografia na gestação: Técnica
A ultrassonografia na gestação é usada para detectar os batimentos cardíacos do feto e obter...
Angiografia cerebral: Inserção de cateter
Vídeo
Angiografia cerebral: Inserção de cateter
A angiografia é utilizada para obter informações diagnósticas sobre os vasos sanguíneos que...

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS