Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Carcinoide brônquico

Por

Robert L. Keith

, MD, Division of Pulmonary Sciences and Critial Care Medicine, Department of Medicine, Eastern Colorado VA Healthcare System, University of Colorado

Última revisão/alteração completa jul 2020| Última modificação do conteúdo jul 2020
Clique aqui para a versão para profissionais

Carcinoides brônquicos são tumores raros da mucosa que reveste as vias aéreas (brônquios) e de crescimento lento.

Os tumores carcinoides (às vezes chamada de tumores neuroendócrinos) normalmente têm origem nas células produtoras de hormônios que revestem o intestino delgado ou outras partes do trato digestivo, mas também podem ocorrer nas vias aéreas nos pulmões (brônquios) e em outros órgãos. É mais provável que um tumor carcinoide brônquico seja maligno do que tumores carcinoides na maioria dos outros órgãos, mas é menos provável que produza hormônios ativamente (consulte Síndrome carcinoide)

Carcinoides brônquicos afetam pessoas entre 40 e 60 anos de idade com maior frequência.

Sintomas

Quase metade das pessoas com carcinoides brônquicos não tem sintomas. Outras apresentam sintomas de bloqueio das vias aéreas. Os sintomas incluem tosse e falta de ar, sibilos e tosse. Pneumonia recorrente, expectoração sanguinolenta e dor torácica também são comuns.

Tumores carcinoides, incluindo carcinoides brônquicos, estão entre os cânceres que causam síndromes paraneoplásicas. As síndromes paraneoplásicas (associadas ao câncer) ocorrem quando um câncer causa sintomas incomuns devido a substâncias produzidas por ele e secretadas na corrente sanguínea. Ocorre, então, o surgimento de sintomas de diversos tecidos e órgãos distantes do tumor. Os quadros clínicos mais comumente causados por carcinoides brônquicos são:

Síndrome carcinoide ocorre em menos de 3% das pessoas com carcinoides brônquicos.

Um sopro cardíaco à esquerda (devido à lesão da válvula mitral induzida pela serotonina) raramente ocorre em pessoas com carcinoides brônquicos.

Diagnóstico

  • Broncoscopia

O diagnóstico de carcinoide brônquico se baseia na broncoscopia, mas pode ser realizada uma tomografia computadorizada do tórax (TC) e uma cintilografia com radionuclídeos para determinar se houve espalhamento do tumor.

Tratamento

  • Cirurgia

  • Algumas vezes quimioterapia ou radioterapia

O tratamento é a remoção cirúrgica do carcinoide brônquico com ou sem quimioterapia e/ou radioterapia.

O prognóstico depende do tipo de tumor.

Mais informações

Os seguintes recursos são em inglês e oferecem informações e apoio para os pacientes e seus cuidadores. O MANUAL não é responsável pelo conteúdo destes recursos.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS