Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Ceratopatia bulbosa

Por

Melvin I. Roat

, MD, FACS, Sidney Kimmel Medical College at Thomas Jefferson University

Última revisão/alteração completa out 2018| Última modificação do conteúdo out 2018
Clique aqui para a versão para profissionais
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

A ceratopatia bulbosa é uma doença ocular que envolve um edema em forma de bolha na córnea (a camada transparente na frente da íris e da pupila).

  • Os sintomas incluem sensibilidade à luz, visão embaçada e sensação intermitente de um corpo estranho no olho.

  • Os médicos diagnosticam ceratopatia bolhosa com base na aparência da córnea da pessoa.

  • O tratamento pode incluir colírios para drenar o excesso de líquido da córnea, medicamentos para diminuir a pressão nos olhos e transplante de córnea.

O interior do olho

O interior do olho

A ceratopatia bulbosa é mais comum nos adultos. Pode ocorrer isoladamente, ser hereditária e, ocasionalmente, ocorrer após cirurgia ocular, como remoção de catarata.

Sintomas

O inchaço leva à formação de bolhas de líquido na superfície da córnea. Pode haver sensibilidade ao olhar para luz intensa e visão embaçada significativa. As bolhas podem se romper provocando dor intensa e, frequentemente, dando a sensação de ter um objeto estranho no olho, diminuindo a visão.

Diagnóstico

  • Avaliação de um médico

O diagnóstico da ceratopatia bulbosa é baseado no aspecto típico do inchaço: córnea turva com bolhas na superfície. Uma lâmpada de fenda, instrumento que permite ao médico examinar o olho em alta resolução, é usada para examinar a córnea. Durante o exame, o médico pode aplicar colírios que contêm um corante amarelo-esverdeado chamado fluoresceína. A fluoresceína temporariamente cora as áreas danificadas da córnea, tornando possível a visualização daquelas que não são visíveis.

Tratamento

  • Colírios salgados

  • Medicamentos para a diminuir a pressão nos olhos

  • Algumas vezes, lentes de contato macias

  • Algumas vezes transplante de córnea

A ceratopatia bulbosa é tratada por um oftalmologista (um médico especializado na avaliação e tratamento – cirúrgico e não cirúrgico – de doenças oculares).

Colírios salgados (solução salina hipertônica) e pomadas salgadas (cloreto de sódio hipertônico) podem ser utilizados para drenar o excesso de líquido da córnea.

Também podem ser administrados medicamentos que diminuem a pressão intraocular.

Por vezes, podem ser usadas lentes de contato macias por um curto período de tempo para diminuir o incômodo ao agir como uma bandagem para a córnea.

Se a visão ficar reduzida ou o desconforto for significativo e prolongado, o transplante de córnea quase sempre é realizado.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Glaucoma
Vídeo
Glaucoma
No interior do olho existem duas câmaras cheias de líquido. O fluido intraocular, ou fluido...
Modelos 3D
Visualizar tudo
Ceratocone
Modelo 3D
Ceratocone

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS