Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Dacriocistite

Por

James Garrity

, MD, Mayo Clinic College of Medicine

Última revisão/alteração completa jul 2020| Última modificação do conteúdo jul 2020
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

Dacriocistite é a infecção do saco lacrimal, geralmente devido a bloqueio do canal nasolacrimal.

O saco lacrimal é uma pequena câmara para a qual as lágrimas são drenadas. A causa comum da dacriocistite é a obstrução do canal nasolacrimal, que drena as lágrimas do saco lacrimal para o nariz.

Where Tears Come From

Where Tears Come From

A dacriocistite pode ocorrer de repente (aguda) ou ser duradoura (crônica).

Sintomas

Frequentemente, a dacriocistite infecciosa é leve. Algumas vezes a infecção é grave e pode causar febre. Outras vezes pode se formar um acúmulo de pus (abscesso) que pode romper através da pele, criando uma passagem para a drenagem.

Na dacriocistite aguda, a área em volta do saco lacrimal fica dolorida, vermelha e inchada. A área em volta do olho pode ficar vermelha e aquosa e pode drenar pus. Uma leve pressão, aplicada sobre o saco lacrimal, pode empurrar o material espesso pelo punctum (abertura no canto interno da pálpebra, próxima ao nariz).

A dacriocistite crônica causa o abaulamento da pele acima da câmara menor para onde são drenadas as lágrimas (saco lacrimal). Quando é aplicada pressão, o inchaço pode não ser doloroso, mas o material purulento ou com aparência de queijo normalmente sai da abertura do canto interno da pálpebra próximo ao nariz (punctum ou saco lacrimal). Pessoas com dacriocistite crônica frequentemente tem, também, conjuntivite crônica (olhos vermelhos).

Diagnóstico

  • Sintomas e exame médico

O médico estabelece o diagnóstico de dacriocistite com base nos sintomas e nos achados durante o exame.

Tratamento

  • Para dacriocistite aguda, antibióticos seguidos por cirurgia

  • Para dacriocistite crônica, cirurgia

Em geral, a dacriocistite aguda é tratada com um antibiótico tomado por via oral. Se houver febre ou se a infecção for grave, pode ser necessário administrar antibióticos por via intravenosa. A aplicação de compressas quentes sobre a área afetada, várias vezes ao dia, também ajuda. Após a infecção aguda se resolver, os médicos recomendam que as pessoas façam uma cirurgia para desobstruir o bloqueio (dacriocistorrinostomia [DCR]) e para que a infecção não volte. A DCR é também o principal tratamento para a dacriocistite crônica.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS