Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Excesso de vitamina C

(Intoxicação por vitamina C)

Por

Larry E. Johnson

, MD, PhD, University of Arkansas for Medical Sciences

Última revisão/alteração completa out 2019| Última modificação do conteúdo out 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

A intoxicação por vitamina C é muito rara. Algumas pessoas tomam doses elevadas de vitamina C porque é um antioxidante.

A vitamina C (ácido ascórbico) é essencial para a formação, crescimento e reparo de ossos, pele e tecido conjuntivo (que conecta outros tecidos e órgãos e inclui tendões, ligamentos e vasos sanguíneos). Ela também é essencial para o funcionamento normal dos vasos sanguíneos. A vitamina C ajuda a manter dentes e gengivas saudáveis. Ela ajuda o organismo a absorver o ferro, que é necessário para formar os glóbulos vermelhos do sangue. A vitamina C também ajuda a curar queimaduras e ferimentos. Boas fontes de vitamina C incluem frutas cítricas, tomate, batata, brócolis, morangos e pimentões. (Consulte também Considerações gerais sobre vitaminas.)

Assim como a vitamina E, a vitamina C é um antioxidante: Protege as células contra lesões causadas pelos radicais livres, que são subprodutos da atividade celular normal e que participam das reações químicas com as células. Algumas dessas reações podem causar danos durante a vida inteira da pessoa.

Algumas pessoas tomam doses elevadas de vitamina C, porque é um antioxidante que protege as células contra lesões produzidas por radicais livres. Acredita-se que os radicais livres contribuem para muitas doenças, como a aterosclerose, o câncer, os distúrbios pulmonares, as infecções respiratórias comuns, as cataratas e a perda de memória. Ainda não se sabe se a ingestão de altas doses de vitamina C ajuda a proteger ou apresenta efeitos benéficos sobre esses distúrbios. A mais clara evidência assinala um efeito protetor contra a formação de cataratas.

Altas doses (até o limite superior de segurança – 2.000 miligramas por dia) de vitamina C normalmente não são tóxicas para adultos saudáveis. Ocasionalmente, doses mais altas provocam náuseas ou diarreia e interferem no equilíbrio da atividade antioxidante do organismo.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Considerações gerais sobre vitaminas e minerais
Vídeo
Considerações gerais sobre vitaminas e minerais
O corpo humano precisa de várias vitaminas e minerais para se desenvolver. Muitos desses nutrientes...

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS