Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Deficiência de vitamina C

(escorbuto)

Por

Larry E. Johnson

, MD, PhD, University of Arkansas for Medical Sciences

Última revisão/alteração completa out 2019| Última modificação do conteúdo out 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

Em países desenvolvidos, pode ocorrer deficiência de vitamina C devido a uma dieta pobre em vitamina C, mas a deficiência grave (escorbuto) é incomum.

  • A deficiência pode ser causada ao não ingerir uma quantidade suficiente de frutas e verduras.

  • As pessoas se sentem cansadas, fracas e irritáveis.

  • A deficiência grave, chamada escorbuto, causa hematomas, problemas nas gengivas e nos dentes, cabelo e pele secos e anemia.

  • O diagnóstico toma por base os sintomas e, às vezes, os exames de sangue.

  • Aumentar o consumo de frutas e verduras frescas ou tomar suplementos de vitamina C por via oral geralmente corrige a deficiência.

A vitamina C (ácido ascórbico) é essencial para a formação, crescimento e reparo de ossos, pele e tecido conjuntivo (que conecta outros tecidos e órgãos e inclui tendões, ligamentos e vasos sanguíneos). Ela também é essencial para o funcionamento normal dos vasos sanguíneos. A vitamina C ajuda a manter dentes e gengivas saudáveis. Ela ajuda o organismo a absorver o ferro, que é necessário para formar os glóbulos vermelhos do sangue. A vitamina C também ajuda a curar queimaduras e ferimentos. Boas fontes de vitamina C incluem frutas cítricas, tomate, batata, brócolis, morangos e pimentões. (Consulte também Considerações gerais sobre vitaminas.)

Assim como a vitamina E, a vitamina C é um antioxidante: Protege as células contra lesões causadas pelos radicais livres, que são subprodutos da atividade celular normal e que participam das reações químicas com as células. Algumas dessas reações podem causar danos durante a vida inteira da pessoa.

Causas

Em adultos, a deficiência de vitamina C geralmente é causada por

  • Uma dieta com restrição de vitamina C

Por exemplo, a deficiência de vitamina C pode ser causada por uma dieta deficiente em frutas e verduras frescas. Além disso, o cozimento pode destruir parte da vitamina C presente nos alimentos.

Os seguintes quadros clínicos podem aumentar significativamente as necessidades de vitamina C pelo organismo e o risco de deficiência de vitamina C:

  • Gravidez

  • Amamentação

  • Distúrbios que causam uma febre alta ou inflamação

  • Uma glândula tireoide hiperativa (hipertireoidismo)

  • Diarreia prolongada

  • Cirurgia

  • Queimaduras

  • Fumar, que aumenta a necessidade de vitamina C em 30%

Você sabia que...

  • Gravidez, amamentação, febre, diarreia, cirurgia e tabagismo aumentam muito as necessidades de vitamina C do organismo.

Escorbuto

A deficiência de vitamina C grave provoca escorbuto. O escorbuto em bebês é raro, já que o leite fornece uma quantidade suficiente de vitamina C e as fórmulas lácteas são enriquecidas com essa vitamina. O escorbuto é raro nos Estados Unidos, mas pode ocorrer em alcoólatras e idosos desnutridos.

Sintomas

Os adultos se sentem cansados, fracos e irritáveis se sua dieta tiver baixo teor de vitamina C. Eles podem perder peso e apresentar falta de definição muscular e dores articulares.

Os sintomas de escorbuto se desenvolvem depois de alguns meses do início da deficiência. Pode ocorrer hemorragia subcutânea (especialmente ao redor dos folículos pilosos ou na forma de contusões), ao redor das gengivas ou nas articulações. As gengivas ficam inchadas, arroxeadas e esponjosas. Os dentes acabam ficando frouxos. O cabelo fica seco, quebradiço e enrolado (parecendo um saca-rolhas), e a pele fica seca, áspera e escamosa. Líquido pode acumular nas pernas. Pode se desenvolver anemia. É possível ocorrer infecções e insucesso na cicatrização de feridas.

Os bebês podem ficar irritados, sentir dor ao se mexer ou perder o apetite. Os bebês não ganham peso como ganhariam normalmente. Em bebês e crianças, o crescimento ósseo é prejudicado, e pode ocorrer sangramento e anemia.

Diagnóstico

  • Exame físico

  • Às vezes, exames de sangue

  • Em crianças, radiografias dos ossos

O diagnóstico de escorbuto toma por base os sintomas. Medir o nível de vitamina C no sangue pode ajudar a estabelecer o diagnóstico, mas esse exame não está sempre disponível.

Exames de sangue podem ser feitos para verificar se há anemia.

Em crianças, os raios X são realizados para verificar se há crescimento ósseo prejudicado.

Prevenção

A deficiência de vitamina C pode ser prevenida ao consumir as quantidades recomendadas de frutas e verduras frescas ou tomando a quantidade recomendada de vitamina C em suplementos diários. Fumantes precisam de quantidades maiores.

Tratamento

  • Suplementos de vitamina C

  • Uma dieta nutritiva com consumo aumentado de frutas e verduras frescas

  • Em caso de escorbuto, doses elevadas de suplementos de vitamina C

O escorbuto é tratado com altas doses de suplementos diários de vitamina C, seguido de uma dieta nutritiva que forneça 1 a 2 vezes a quantidade diária recomendada de vitamina C. A dieta deve incluir o consumo aumentado de frutas e verduras frescas.

A maioria dos sintomas desaparece depois de 1 a 2 semanas. Problemas da gengiva podem durar mais tempo.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Considerações gerais sobre vitaminas e minerais
Vídeo
Considerações gerais sobre vitaminas e minerais
O corpo humano precisa de várias vitaminas e minerais para se desenvolver. Muitos desses nutrientes...

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS