Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Considerações gerais sobre distúrbios relacionados ao colesterol e lipídios

Por

Michael H. Davidson

, MD, FACC, FNLA, University of Chicago Medicine

Última revisão/alteração completa abr 2020| Última modificação do conteúdo abr 2020
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

Os tipos de gorduras (lipídios) importantes encontrados no sangue são

  • Colesterol

  • Triglicerídeos

O colesterol é um componente essencial das membranas celulares, das células cerebrais e nervosas e da bile, que ajuda o organismo a absorver gorduras e vitaminas lipossolúveis. O organismo utiliza o colesterol para sintetizar a vitamina D e vários hormônios, tais como o estrogênio, a testosterona e o cortisol. O organismo consegue produzir todo o colesterol de que necessita, mas também pode obtê-lo a partir dos alimentos.

Os triglicerídeos, presentes nas células adiposas, podem ser decompostos e, em seguida, usados para fornecer energia para os processos metabólicos do organismo, inclusive o crescimento. Os triglicerídeos são produzidos no intestino e no fígado a partir de moléculas de gordura menores, denominadas ácidos graxos Gorduras Os carboidratos, as proteínas e as gorduras constituem 90% do peso seco da dieta e 100% da composição energética. Os três fornecem energia (medida em calorias), mas a quantidade de energia em... leia mais . Alguns tipos de ácidos graxos são produzidos pelo organismo, mas outros precisam ser obtidos de alimentos.

As gorduras, tais como o colesterol e os triglicerídeos, não podem circular livremente no sangue, porque o sangue é, em sua maioria, composto de água. Para poder circular no sangue, o colesterol e os triglicerídeos unem-se a proteínas e outras substâncias, dando origem a partículas denominadas lipoproteínas.

Existem tipos diferentes de lipoproteínas. Cada tipo tem um propósito diferente, é decomposto e excretado de forma também ligeiramente diferente. As lipoproteínas incluem

  • Quilomícrons

  • Lipoproteínas de densidade muito baixa (VLDL)

  • Lipoproteínas de baixa densidade (LDL)

  • Lipoproteínas de alta densidade (HDL)

O colesterol transportado pelas LDL é denominado colesterol LDL e o transportado pelas HDL recebe o nome de colesterol HDL.

O organismo consegue regular os níveis de lipoproteínas (e, consequentemente, os níveis de lipídios) ao aumentar ou diminuir a taxa de produção de lipoproteínas. O organismo também consegue regular a rapidez com que as lipoproteínas entram e são removidas do fluxo sanguíneo.

Os níveis de colesterol e de triglicerídeos variam consideravelmente de um dia para o outro. Os níveis de colesterol podem variar cerca de 10% e os níveis de triglicerídeos podem variar até 25%, entre duas medições.

Os níveis de lipídios podem ser

Os níveis de lipídios podem ficar alterados por causa das alterações que ocorrem com o envelhecimento, por causa de vários distúrbios (inclusive alguns de origem hereditária), por causa do uso de determinados medicamentos ou por causa do estilo de vida (tais como dieta rica em gorduras saturadas, inatividade física ou excesso de peso).

Tabela
icon

Complicações causadas por níveis alterados de lipídios

A presença de níveis excepcionalmente altos de alguns tipos de lipídios (especialmente de colesterol) pode dar origem a problemas de longo prazo, como, por exemplo, aterosclerose Aterosclerose A aterosclerose é um quadro clínico no qual depósitos irregulares de material gorduroso (ateromas ou placas ateroscleróticas) se desenvolvem nas paredes das artérias de médio e grande porte... leia mais Aterosclerose . Em geral, a presença de níveis elevados de colesterol total (que inclui o colesterol LDL, HDL e VLDL), sobretudo níveis elevados de colesterol LDL (o colesterol “ruim”) aumenta o risco de ter aterosclerose e, consequentemente, o risco de ter um ataque cardíaco Síndromes coronarianas agudas (ataque cardíaco; infarto do miocárdio; angina instável) Síndromes coronarianas agudas são o resultado de um bloqueio repentino em uma artéria coronariana. Esse bloqueio provoca angina instável ou ataque cardíaco (infarto do miocárdio) dependendo... leia mais Síndromes coronarianas agudas (ataque cardíaco; infarto do miocárdio; angina instável) ou um acidente vascular cerebral Considerações gerais sobre o acidente vascular cerebral Um acidente vascular cerebral ocorre quando uma artéria no cérebro fica bloqueada ou se rompe, resultando na morte de uma área do tecido cerebral devido à perda do suprimento sanguíneo (infarto... leia mais . No entanto, nem todos os tipos de colesterol aumentam esse risco. Um nível elevado de colesterol HDL (o colesterol “bom”) pode diminuir os riscos; em contrapartida, um nível baixo de colesterol HDL pode aumentar o risco.

O efeito dos níveis de triglicerídeos no risco de ataque cardíaco é menos claro. No entanto, níveis muito elevados de triglicerídeos (superiores a 500 miligramas por decilitro de sangue ou mg/dl [5,65 mmol/l]) podem aumentar o risco de ter pancreatite Considerações gerais sobre pancreatite A pancreatite é a inflamação do pâncreas. O pâncreas é um órgão em forma de folha de aproximadamente 13 centímetros de comprimento. Ele está rodeado pela parte inferior do estômago e pela primeira... leia mais .

Determinação dos níveis de lipídios

O perfil lipídico em jejum (ou simplesmente painel lipídico) é um exame que analisa os níveis de colesterol total, triglicerídeos, colesterol LDL e colesterol HDL após a pessoa ter ficado em jejum durante 12 horas. Os médicos costumam realizar esse exame a cada cinco anos a partir dos 20 anos de idade como parte da avaliação para determinar se a pessoa corre o risco de ter doença arterial coronariana Considerações gerais sobre a doença arterial coronariana (DAC) A doença arterial coronariana é um quadro clínico no qual o suprimento de sangue para o músculo cardíaco é bloqueado parcial ou completamente. O músculo cardíaco precisa de um fornecimento constante... leia mais Considerações gerais sobre a doença arterial coronariana (DAC) .

No caso de crianças e adolescentes, a realização de exames preventivos com perfil lipídico em jejum é recomendada para crianças entre dois e oito anos de idade se ela tiver fatores de risco, como uma pessoa na família com dislipidemia Dislipidemia Dislipidemia significa um nível elevado de lipídios (colesterol, triglicerídeos ou ambos) ou um nível baixo de colesterol do tipo lipoproteína de alta densidade (HDL). O estilo de vida, a genética... leia mais Dislipidemia grave ou que tenha tido doença arterial coronariana quando ainda jovem. Em crianças sem fatores de risco, os exames preventivos com perfil lipídico sem jejum costumam ser feitos uma vez antes de a criança alcançar a puberdade (geralmente entre os nove e os onze anos de idade) e mais uma vez mais quando tiver com 17 a 21 anos de idade.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Teste os seus conhecimentos
Alcalose
A alcalose metabólica ocorre quando o corpo perde ácido demais ou acumula excesso de base. Perda de quantidade suficiente de potássio para causar alcalose metabólica pode resultar de qual dos tipos de medicamento a seguir?
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS