Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Tireoidite linfocítica silenciosa

(tireoidite pós-parto)

Por

Jerome M. Hershman

, MD, MS, David Geffen School of Medicine at UCLA

Última revisão/alteração completa ago 2019| Última modificação do conteúdo ago 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

A tireoidite linfocítica silenciosa é uma inflamação autoimune indolor da tireoide que geralmente surge após o parto e costuma desaparecer por si própria.

A tireoidite linfocítica silenciosa ocorre com maior frequência nas mulheres, muitas vezes entre três e quatro meses após o parto, e faz com que a tireoide aumente sem se tornar dolorosa. O distúrbio se repete depois de cada gravidez.

Por várias semanas a vários meses, a pessoa tem uma tireoide hiperativa (hipertireoidismo) seguida de uma tireoide hipoativa (hipotireoidismo) antes de acabar recuperando o funcionamento normal da tireoide.

Sintomas

A tireoidite linfocítica silenciosa tem início no terceiro ou quarto mês após o parto. Ela começa com uma fase de hipertireoidismo na qual a tireoide aumenta de tamanho sem causar nenhuma dor ou sensibilidade. Em seguida, a mulher apresenta hipotireoidismo antes de o quadro clínico geralmente desaparecer espontaneamente. Durante a segunda fase, a mulher pode apresentar sintomas de hipotireoidismo, que podem incluir fadiga, ganho de peso, constipação, pele e cabelos secos e intolerância ao frio.

Você sabia que...

  • A palavra “silenciosa” no termo tireoidite linfocítica silenciosa indica que a inflamação da tireoide não causa dor ou sensibilidade.

  • O termo “linfocítica” diz respeito ao tipo de glóbulos brancos observados quando o tecido da tireoide é examinado ao microscópio.

Diagnóstico

  • Exames de função da tireoide

O diagnóstico da tireoidite linfocítica silenciosa toma por base os sintomas da pessoa e o resultado do exame físico e dos exames de função da tireoide. Em casos raros, o médico realiza uma biópsia da tireoide para confirmar o diagnóstico.

Se uma mulher tiver desenvolvido tireoidite linfocítica silenciosa após uma gravidez, o médico geralmente examina quanto à presença dessa doença após as gestações seguintes.

Tratamento

  • Betabloqueador para hipertireoidismo

  • Reposição de hormônio da tireoide para hipotireoidismo

O hipertireoidismo talvez precise de tratamento durante algumas semanas, frequentemente com um betabloqueador, tal como o atenolol.

Durante o período de hipotireoidismo, talvez a pessoa precise tomar o hormônio tireoidiano, normalmente por menos de 12 meses. No entanto, o hipotireoidismo se torna permanente em cerca de 10% das pessoas com tireoidite linfocítica silenciosa e elas precisarão tomar hormônio tireoidiano pelo resto da vida.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Visão geral do sistema endócrino e hormonal
Vídeo
Visão geral do sistema endócrino e hormonal
Modelos 3D
Visualizar tudo
Sistema endócrino masculino
Modelo 3D
Sistema endócrino masculino

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS