Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Bócio simples não tóxico

(Bócio; Bócio eutireoidiano)

Por

Jerome M. Hershman

, MD, MS, David Geffen School of Medicine at UCLA

Última revisão/alteração completa ago 2019| Última modificação do conteúdo ago 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

O bócio simples não tóxico é o aumento não canceroso da tireoide.

  • O aumento não canceroso da tireoide pode ocorrer por causa da ausência de iodo na ingestão de determinadas substâncias ou medicamentos.

  • As pessoas normalmente não têm sintomas.

  • O médico faz exames de sangue para determinar quão bem a tireoide está funcionando.

  • O médico pode tratar a causa do aumento, mas, às vezes, a pessoa precisa de cirurgia para remover parte da tireoide aumentada.

A palavra bócio é às vezes utilizada para descrever qualquer forma de aumento das dimensões da tireoide (por exemplo, o aumento causado por inflamação ou câncer). O bócio simples não tóxico é uma forma específica de aumento não canceroso.

A causa mais comum de bócio simples não tóxico em grande parte do mundo é

A tireoide utiliza o iodo para produzir hormônio tireoidiano. Quando não há iodo suficiente, a tireoide cresce na tentativa de compensar. No entanto, nos Estados Unidos, a maioria dos sais é enriquecido com iodo; por isso, a falta de iodo não é causa comum de bócio.

Outras causas de bócio simples não tóxico incluem

  • Uso de determinados medicamentos (como amiodarona ou lítio)

  • Ingestão de determinados alimentos em quantidades anormalmente grandes (como mandioca, brócolis, couve-flor e repolho)

Às vezes, o bócio se forma temporariamente na puberdade, gravidez ou menopausa.

Em pessoas com bócio simples não tóxico, a tireoide produz quantidades normais de hormônios tireoidianos; por isso, a pessoa não tem uma tireoide hipoativa (hipotireoidismo) nem uma tireoide hiperativa (hipertireoidismo).

Sintomas

A pessoa normalmente nota inchaço na base do pescoço, mas não tem outros sintomas. Às vezes, o bócio pressiona o tecido vizinho e provoca tosse, rouquidão ou dificuldade para respirar ou engolir. A glândula normalmente fica dolorosa e sensível ao toque em pessoas com tireoidite subaguda.

Diagnóstico

  • Exames de função da tireoide

  • Ultrassonografia e um exame de imagem da tireoide

O médico geralmente faz exames de sangue para verificar o funcionamento da glândula (exames de função da tireoide). Ele mede os níveis sanguíneos dos hormônios tireoidianos tiroxina (T4 ou tetraiodotironina), triiodotironina (T3) e hormônio estimulante da tireoide (TSH). Às vezes, o médico também procura por anticorpos que atacam a tireoide (anticorpos antireoidianos) no sangue, que são um sinal de uma reação imunológica à tireoide que causa inflamação.

O médico realiza um exame de captação de iodo radioativo e um exame de imagem da tireoide. Para estes exames, a pessoa ingere (ou recebe injeção de) uma pequena quantidade de iodo radioativo. O iodo radioativo se concentra na tireoide. Um aparelho pode detectar a quantidade de iodo que é absorvida pela glândula e uma câmera de raios gama (que detecta a radiação) produz uma imagem da tireoide. Esses exames de imagem mostram eventuais anomalias físicas na glândula que podem sugerir a presença de doença de Graves, nódulos na tireoide ou tireoidite.

O médico realiza uma ultrassonografia, que utiliza ondas de som para criar uma imagem da tireoide para identificar eventuais nódulos que poderiam ser cancerosos.

Tratamento

  • Às vezes, suplementos de iodo

  • Às vezes, reposição de hormônio da tireoide

  • Às vezes, cirurgia

O tratamento depende do tamanho e da causa do bócio.

Em regiões com deficiência de iodo, as pessoas recebem suplementos de iodo. O iodo pode ser adicionado ao sal, à água ou a plantações para eliminar a deficiência de iodo naquela região. A pessoa deve parar de consumir alimentos que inibem a produção de hormônios tireoidianos.

Quando a dieta não for a causa, é possível que algumas pessoas recebam levotiroxina para reposição de hormônio da tireoide. Esse medicamento bloqueia a produção de hormônio estimulante da tireoide e pode causar o encolhimento do bócio.

A pessoa com bócio muito grande pode precisar de cirurgia para remover parte da tireoide ou talvez receba iodo radioativo para reduzir a glândula o suficiente para evitar a interferência na respiração e na deglutição ou para corrigir problemas estéticos.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Diabetes mellitus
Vídeo
Diabetes mellitus
Durante o processo digestivo, uma grande parte dos alimentos consumidos é convertida em glicose...
Modelos 3D
Visualizar tudo
Sistema endócrino feminino
Modelo 3D
Sistema endócrino feminino

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS