Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Considerações gerais sobre o linfoma

Por

Peter Martin

, MD, Weill Cornell Medicine;


John P. Leonard

, MD, Weill Cornell Medicine

Avaliação/revisão completa jun 2022
VISUALIZAR A VERSÃO PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE
Recursos do assunto

Os linfomas são cânceres de linfócitos, que residem no sistema linfático e nos órgãos produtores de sangue.

Os linfomas são cânceres de um tipo específico de glóbulos brancos conhecidos como linfócitos Imunidade adquirida Uma das linhas de defesa do corpo ( sistema imunológico) envolve glóbulos brancos (leucócitos) que se deslocam através da corrente sanguínea e penetram nos tecidos para detectar e atacar micro-organismos... leia mais Imunidade adquirida . Essas células ajudam a combater infecções. Os linfomas podem surgir a partir de linfócitos B ou T, que são dois dos tipos principais de linfócitos. Os linfócitos T são importantes na regulação do sistema imunológico e no combate a infecções virais. Os linfócitos B produzem anticorpos Anticorpos Uma das linhas de defesa do corpo ( sistema imunológico) envolve glóbulos brancos (leucócitos) que se deslocam através da corrente sanguínea e penetram nos tecidos para detectar e atacar micro-organismos... leia mais Anticorpos que são essenciais para combater algumas infecções. Os linfomas são semelhantes a outros tipos de câncer de glóbulos brancos denominados leucemias Considerações gerais sobre a leucemia As leucemias são cânceres de glóbulos brancos ou de células que se transformam em glóbulos brancos. Os glóbulos brancos se desenvolvem a partir de células-tronco da medula óssea. Por vezes,... leia mais .

Os linfócitos se originam da medula óssea e se movem por todas as partes do corpo através da corrente sanguínea e através de uma rede de canais tubulares denominados vasos linfáticos Considerações gerais sobre o sistema linfático O sistema linfático é uma parte vital do sistema imunológico. Ele inclui órgãos como o timo, a medula óssea, o baço, as amígdalas, o apêndice e as placas de Peyer no intestino delgado, que produzem... leia mais . Espalhados por toda a rede de vasos linfáticos estão os linfonodos, que abrigam aglomerados de linfócitos. Os linfócitos que se tornam cancerosos (células de linfoma) podem permanecer confinados a um só linfonodo ou podem se espalhar para a medula óssea, o sangue, o baço ou praticamente qualquer outro órgão.

O funcionamento dos glóbulos brancos cancerosos não é como o dos glóbulos brancos normais, de modo que não conseguem ajudar o corpo a combater infecções.

Os dois principais tipos de linfoma são

Os linfomas não Hodgkin são mais comuns que os linfomas de Hodgkin. Existem muitos subtipos de linfoma não Hodgkin.

Sistema linfático: Ajuda a proteger contra as infecções

Sistema linfático: Ajuda a proteger contra as infecções

Mais informações

O seguinte é um recurso em inglês que pode ser útil. Vale ressaltar que o MANUAL não é responsável pelo conteúdo deste recurso.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: VISUALIZAR A VERSÃO PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE
VISUALIZAR A VERSÃO PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE
quiz link

Test your knowledge

Take a Quiz! 
ANDROID iOS
ANDROID iOS
ANDROID iOS
PRINCIPAIS