Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Leucocitose linfocítica

Por

Mary Territo

, MD, David Geffen School of Medicine at UCLA

Última revisão/alteração completa ago 2021| Última modificação do conteúdo ago 2021
Clique aqui para a versão para profissionais

Existem três tipos de linfócitos:

  • Células B (linfócitos B)

  • Células T (linfócitos T)

  • Células natural killer

Todos os três tipos podem aumentar em resposta a infecções ou câncer. Entretanto, em alguns casos somente um tipo específico de linfócito está aumentado.

A causa mais comum de um aumento do número de linfócitos é:

Algumas infecções bacterianas, como a tuberculose Tuberculose (TB) A tuberculose é uma infecção contagiosa crônica causada pela bactéria Mycobacterium tuberculosis, que se propaga pelo ar. Normalmente ela afeta os pulmões. A tuberculose é transmitida... leia mais Tuberculose (TB) , também podem aumentar o número. Certos tipos de câncer, como linfomas Considerações gerais sobre o linfoma Os linfomas são cânceres de linfócitos, que residem no sistema linfático e nos órgãos produtores de sangue. Os linfomas são cânceres de um tipo específico de glóbulos brancos conhecidos como... leia mais Considerações gerais sobre o linfoma e leucemia linfocítica Considerações gerais sobre a leucemia As leucemias são cânceres de glóbulos brancos ou de células que se transformam em glóbulos brancos. Os glóbulos brancos se desenvolvem a partir de células-tronco da medula óssea. Por vezes,... leia mais aguda ou crônica, podem produzir um aumento no número de linfócitos, em parte pela liberação de linfócitos imaturos (linfoblastos) ou de células de linfoma na corrente sanguínea. A doença de Graves Hipertireoidismo O hipertireoidismo é a hiperatividade da tireoide que resulta em níveis elevados de hormônios tireoidianos e aceleração das funções vitais do corpo. A doença de Graves é a causa mais comum do... leia mais Hipertireoidismo e a doença de Crohn Doença de Crohn A doença de Crohn é uma doença intestinal inflamatória na qual a inflamação crônica normalmente envolve a parte inferior do intestino delgado, o intestino grosso ou ambos, e pode afetar qualquer... leia mais Doença de Crohn também podem resultar em um aumento do número de linfócitos na corrente sanguínea.

O aumento do número de linfócitos geralmente não causa sintomas. Contudo, em pessoas com linfoma e certas leucemias, o aumento de linfócitos pode causar febre, suores noturnos e perda de peso. Além disso, os sintomas podem resultar da infecção ou de outra doença que tenha causado o aumento do número dos linfócitos e não do aumento do número de linfócitos por si só.

Quando se suspeita de infecção, os médicos podem fazer exames de sangue. Quando os médicos descobrem um aumento no número de linfócitos, uma amostra de sangue é examinada ao microscópio para se determinar se os linfócitos no sangue parecem ativados (como ocorre em resposta a infecções virais) ou se parecem imaturos ou anormais (como ocorre em certas leucemias ou linfomas). Os exames de sangue também podem identificar o tipo específico de linfócito (células T, células B, células natural killer) que está aumentado para ajudar a determinar o problema subjacente.

O tratamento da leucocitose linfocítica depende da causa.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
quiz link

Test your knowledge

Take a Quiz! 
ANDROID iOS
ANDROID iOS
ANDROID iOS
PRINCIPAIS