Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Eritromelalgia

Por

Koon K. Teo

, MBBCh, PhD, McMaster University, Hamilton, Ontario, Canada

Última revisão/alteração completa jul 2019| Última modificação do conteúdo jul 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

A eritromelalgia é uma síndrome rara em que pequenas artérias (arteríolas) da pele se dilatam periodicamente, o que provoca dor semelhante a queimação, sensação de pele quente, bem como vermelhidão nos pés e, com menos frequência, nas mãos.

A eritromelalgia é uma doença arterial periférica funcional. Normalmente, a causa da eritromelalgia é desconhecida. Nesses casos, a síndrome tende a começar quando as pessoas têm aproximadamente 20 anos ou mais. Uma forma hereditária rara de eritromelalgia começa no nascimento ou durante a infância.

Menos frequentemente, a síndrome está relacionada com o uso de alguns medicamentos, como nifedipino (um anti-hipertensivo) ou bromocriptina (um medicamento usado para tratar doença de Parkinson).

A eritromelalgia também ocorre em pessoas que têm

A eritromelalgia se desenvolve normalmente entre dois e três anos antes de a doença que a causa ser diagnosticada.

Os sintomas incluem queimação nos pés ou nas mãos, além de sensação de calor e coloração vermelho vivo nos membros afetados. As crises geralmente são desencadeadas por temperaturas ambientes de mais de 29° C, aproximadamente. Os sintomas podem continuar leves durante anos ou evoluir, tornando-se completamente incapacitantes.

O diagnóstico de eritromelalgia é baseado nos sintomas e no aumento da temperatura da pele. Exames, como hemogramas, são realizados para ajudar a identificar uma causa. Testes genéticos podem confirmar o diagnóstico de eritromelalgia hereditária em uma pessoa cujos sintomas surgem na infância. As pessoas afetadas devem receber aconselhamento genético, pois há 50% de probabilidade de que transmitirão o distúrbio para seus filhos.

Tratamento

  • Evitar calor

  • Aliviar os sintomas

O tratamento de eritromelalgia inclui evitar exposição ao calor, repouso, elevar pernas ou braços e aplicar compressas frias nas pernas ou nos braços ou imergir os membros afetados em água fria. Às vezes, essas medidas podem aliviar os sintomas ou evitar crises.

Caso uma doença subjacente que cause eritromelalgia seja identificada, o tratamento dessa doença pode aliviar os sintomas. Se nenhuma doença causativa for identificada, pode ser administrada gabapentina para aliviar os sintomas. A aspirina pode ajudar quando um distúrbio mieloproliferativo for a causa de base.

Mais informações

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Considerações gerais sobre o coração e os vasos sanguíneos
Vídeo
Considerações gerais sobre o coração e os vasos sanguíneos
Modelos 3D
Visualizar tudo
Pulso arterial
Modelo 3D
Pulso arterial

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS