Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Nó na garganta

(Sensação de obstrução)

Por

Jonathan Gotfried

, MD, Lewis Katz School of Medicine at Temple University

Última revisão/alteração completa jan 2022| Última modificação do conteúdo jan 2022
Clique aqui para a versão para profissionais

Algumas pessoas sentem que têm um nódulo ou uma massa em sua garganta, mesmo quando não há massa nenhuma. Se essa sensação não estiver relacionada à deglutição, é chamada de sensação de nó na garganta ou globus histérico (o que não significa que a pessoa seja histérica). Se a pessoa tiver a sensação e também perceber dificuldade em engolir, consulte Dificuldade em engolir Dificuldade em engolir Algumas pessoas têm dificuldade para engolir (disfagia). Na disfagia, alimentos e/ou líquidos não se movem normalmente da garganta (faringe) para o estômago. As pessoas sentem que os alimentos... leia mais .

Causas do nó na garganta

Os médicos não sabem ao certo o que causa a sensação de nó na garganta. A sensação pode envolver maior tensão muscular na garganta ou logo abaixo dela, ou pode ser também decorrente de refluxo gastroesofágico. A sensação às vezes aparece quando as pessoas vivenciam certas emoções, como tristeza ou orgulho, mas é geralmente independente de tais sentimentos.

A sensação de nó na garganta não é perigosa e não causa complicações. Porém, certos distúrbios mais sérios que afetam o esôfago podem ser, às vezes, confundidos com a sensação de nó na garganta. Esses distúrbios incluem membranas esofágicas Membranas esofágicas As membranas esofágicas são membranas finas que crescem dentro da parte superior do esôfago e podem causar dificuldade em engolir (disfagia) (consulte também Considerações gerais sobre obstruções... leia mais Membranas esofágicas superiores, espasmo esofágico Espasmo esofágico O espasmo esofágico é um distúrbio das ondas rítmicas das contrações musculares (movimentos peristálticos) do esôfago. A causa desse distúrbio é desconhecida. Os sintomas incluem dor torácica... leia mais , doença do refluxo gastroesofágico Doença do refluxo gastroesofágico (DRGE) Na doença do refluxo gastroesofágico o conteúdo estomacal, incluindo ácido e bile, retorna do estômago para o esôfago, o que provoca inflamação no esôfago e dores na parte inferior do tórax... leia mais Doença do refluxo gastroesofágico (DRGE) (DRGE), distúrbios musculares como, por exemplo, miastenia grave Miastenia grave A miastenia grave é uma doença autoimune em que a comunicação entre os nervos e os músculos é afetada, produzindo episódios de fraqueza muscular. A miastenia grave é causada por disfunção do... leia mais , distrofia miotônica Distrofia miotônica Distrofia miotônica é uma distrofia muscular rara. Esse distúrbio afeta a capacidade de relaxar os músculos voluntariamente. Miotonia se refere a retardo no relaxamento após uma contração muscular... leia mais ou miosite autoimune Miosite autoimune A miosite autoimune causa inflamação e fraqueza nos músculos (polimiosite) ou na pele e nos músculos (dermatomiosite). A lesão muscular pode causar dor muscular, e a fraqueza muscular pode causar... leia mais Miosite autoimune , bem como tumores no pescoço ou na parte superior do tórax. Tais distúrbios normalmente afetam a deglutição e/ou causam outros sintomas, além da sensação de nódulo.

Avaliação do nó na garganta

As pessoas com sensação de nó na garganta raramente necessitam de avaliação médica imediata. As seguintes informações podem ajudar a pessoa a decidir se a avaliação médica é necessária e a saber o que esperar durante a avaliação.

Sinais de alerta

Quando consultar um médico

Pessoas com sinais de alerta devem consultar um médico em até uma semana. Pessoas sem sinais de alerta devem telefonar para seu médico. Dependendo da gravidade e da natureza da sensação, os médicos podem sugerir que as pessoas esperem pelo desenvolvimento dos sintomas ou um período conveniente para ambos.

O que o médico faz

Os médicos fazem perguntas sobre os sintomas da pessoa e o histórico clínico e fazem um exame físico. O que os médicos encontram, durante a anamnese e o exame físico, ajuda a decidir quais exames eventualmente precisam ser feitos.

O histórico enfoca na distinção entre a sensação de nó na garganta e a dificuldade em engolir, que sugere um distúrbio estrutural ou de motilidade (movimento) da garganta ou do esôfago. Os médicos pedem para as pessoas descreverem claramente seus sintomas, particularmente sua relação com a deglutição (como a sensação de alimentos presos) e eventos emocionais. Eles também investigam outros sinais de alerta.

O exame físico enfoca a boca e o pescoço. Os médicos examinam e apalpam o pavimento bucal e o pescoço em busca de nódulos. Os médicos examinam a garganta com um tubo fino e flexível para visualização e inspecionam o fundo da garganta e a laringe. Os médicos também observam a pessoa engolindo água e algum alimento sólido, como bolachas.

Sinais de alerta ou sintomas anormais encontrados durante o exame sugerem um distúrbio mecânico ou de motilidade da deglutição. As pessoas com sintomas crônicos que ocorrem durante episódios de tristeza que podem ser aliviados pelo choro sugerem sensação de nó na garganta.

Exames

As pessoas com sintomas não relacionados à deglutição, sem sinais de alerta (particularmente dor ou dificuldade em engolir) e um exame normal (incluindo deglutição observada pelo médico) têm maior probabilidade de ter sensação de nó na garganta. Tais pessoas raramente precisam de exames.

Se o diagnóstico não for claro e houver sinais de alerta, ou se o médico não puder examinar a garganta adequadamente, são realizados exames de deglutição (consulte exames para medir a dificuldade de deglutição Exames ). Os exames tradicionais incluem o exame de deglutição, a esofagografia simples ou por vídeo, a medição do tempo de deglutição, a radiografia torácica e a manometria Manometria A manometria é um procedimento que mede a pressão em várias partes do trato digestivo. A pessoa não pode comer nem beber nada depois da meia-noite antes do exame. Nesse exame, um tubo flexível... leia mais do esôfago.

Tratamento do nó na garganta

A sensação de nó na garganta não requer nenhum tratamento além de tranquilização e atenção pessoal. Às vezes, simplesmente entender que a sensação de nó na garganta é causada por certos estados psicológicos é toda a ajuda de que as pessoas precisam. Nenhum medicamento é útil. Entretanto, se um transtorno comportamental de base como, por exemplo, depressão, ansiedade ou outro parece tornar os sintomas mais incômodos para as pessoas, os médicos podem tentar ministrar um medicamento antidepressivo ou encaminhar as pessoas para um psiquiatra.

Pontos-chave

  • Os sintomas do nó na garganta não estão relacionados à deglutição.

  • As pessoas não precisam se submeter a exames, a menos que seus sintomas estejam relacionados à deglutição, seu exame físico indique anomalias ou apresentem sinais de alerta.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
quiz link

Test your knowledge

Take a Quiz! 
ANDROID iOS
ANDROID iOS
ANDROID iOS
PRINCIPAIS