Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Infecção do esôfago

Por

Kristle Lee Lynch

, MD, Perelman School of Medicine at The University of Pennsylvania

Última revisão/alteração completa jul 2019| Última modificação do conteúdo jul 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

A infecção do esôfago ocorre principalmente em pessoas com comprometimento dos mecanismos de defesa que protegem o esôfago contra infecções. As principais causas de infecção são Candida albicans, vírus do herpes simples e citomegalovírus.

O esôfago é um tubo oco que conecta a garganta (faringe) ao estômago. (consulte também Considerações gerais sobre o esôfago).

Há vários mecanismos de defesa que protegem o esôfago de infecções. Essas defesas incluem a saliva, o movimento normal (contrações) do esôfago e as células do sistema imunológico. Assim, as pessoas com risco de apresentar infecção incluem as que têm AIDS, as que passaram por um transplante de órgãos, são alcoólatras, têm diabetes, um sistema imunológico enfraquecido ou comprometido, desnutrição, câncer ou distúrbios de movimento (motilidade) do esôfago. É possível a infecção por Candida venha a ocorrer nessas pessoas. As infecções pelo vírus do herpes simples e a infecção pelo citomegalovírus ocorrem principalmente em pessoas com AIDS ou que foram submetidas a transplante de órgãos que estão tomando medicamentos que suprimem o sistema imunológico.

Você sabia que...

  • A saliva ajuda a proteger o esôfago de infecções.

A dor ao engolir (odinofagia) é o sintoma característico. Algumas pessoas também sentem dificuldade em engolir (disfagia). Essas infecções também causam úlceras (feridas) e irritação e inchaço do esôfago (esofagite).

Diagnóstico

  • Endoscopia

Ocasionalmente, o médico pode detectar sinais de infecção por Candida na boca (candidíase) em pessoas com infecção do esôfago por Candida. Normalmente não há anormalidades orais em pessoas com infecções por vírus do herpes simples ou infecção por citomegalovírus.

Para diagnosticar uma infecção esofágica, o médico normalmente examina o esôfago utilizando um tubo de visualização flexível (endoscopia). Durante a endoscopia, geralmente o médico remove tecido para exame em um microscópio (biópsia).

Tratamento

  • Medicamentos antifúngicos para infecção por Candida

  • Medicamentos antivirais para infecções pelo vírus herpes simples ou pelo citomegalovírus

Pessoas com Candida recebem medicamentos antifúngicos, como fluconazol. O medicamento é administrado na forma de comprimidos ou, se a pessoa estiver tendo dificuldade em engolir, ele é administrado na forma líquida. Em casos raros, ele pode ser administrado por injeção intravenosa.

Caso a pessoa esteja com infecção pelo vírus do herpes simples ou pelo citomegalovírus, ela receberá medicamentos antivirais como, por exemplo, aciclovir por injeção intravenosa ou outros medicamentos antivirais por via oral.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Considerações gerais sobre o sistema digestivo
Vídeo
Considerações gerais sobre o sistema digestivo
Modelos 3D
Visualizar tudo
Sistema digestivo
Modelo 3D
Sistema digestivo

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS