Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Considerações gerais sobre obstruções do esôfago

Por

Kristle Lee Lynch

, MD, Perelman School of Medicine at The University of Pennsylvania

Última revisão/alteração completa out 2020| Última modificação do conteúdo out 2020
Clique aqui para a versão para profissionais

Pode haver um estreitamento do esôfago (o tubo oco que vai da garganta ao estômago) ou ele pode estar completamente obstruído (bloqueado).

Na maioria dos casos, a causa é

  • Progressão de uma lesão no esôfago

  • Crescimento de tumor

  • Alimentos e objetos estranhos

Lesões que podem se converter em obstruções podem ser decorrentes de danos ao esôfago causados pelo refluxo repetido de ácido gástrico (refluxo gastroesofágico ou DRGE), geralmente durante anos. A obstrução também pode ser causada por danos ao esôfago que ocorrem após a deglutição de uma substância corrosiva (esofagite erosiva) ou, em casos raros, após uma inflamação do esôfago causada por um comprimido que fica preso no esôfago por algum tempo.

Tumores são causas graves do estreitamento, incluindo tumores cancerosos e tumores não cancerosos do esôfago.

O estreitamento pode também ocorrer quando algo pressiona (comprime) a parte externa do esôfago. A compressão pode resultar de várias causas como, por exemplo

Ocasionalmente, a causa é hereditária (por exemplo, anéis esofágicos inferiores ou uma membrana esofágica). Esses distúrbios geralmente causam apenas uma obstrução parcial.

Uma vez que todos esses quadros clínicos causam redução do diâmetro do esôfago, as pessoas que os apresentam costumam ter dificuldade em engolir alimentos sólidos, sobretudo carne e pão. A dificuldade em engolir líquidos só se desenvolve muito depois ou pode não ocorrer.

Diagnóstico

  • Endoscopia digestiva alta

  • Biópsia

  • Radiografia com deglutição de bário

Para diagnosticar o bloqueio do esôfago, o médico realiza uma endoscopia digestiva alta. Nesse procedimento, o médico examina o esôfago com um tubo flexível chamado endoscópio. Durante a endoscopia, o médico retira amostras de tecido para analisar em um microscópio (chamado biópsia).

O médico também pode realizar um exame de deglutição de bário. Nesse exame, a pessoa toma um líquido contendo bário antes de tirar a radiografia. O bário delineia o esôfago, facilitando a visualização das anormalidades.

Tanto o tratamento como o resultado dependem da causa do estreitamento ou do bloqueio.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Teste os seus conhecimentos

Colite induzida por Clostridium difficile
A colite induzida por Clostridium difficile é uma inflamação do intestino grosso que resulta em diarreia. A inflamação é causada pela infecção por certas bactérias. Qual das seguintes é a causa usual do crescimento dessas bactérias no intestino?
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS