Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Histórico clínico e exame físico de distúrbios digestivos

Por

Jonathan Gotfried

, MD, Lewis Katz School of Medicine at Temple University

Última revisão/alteração completa jun 2019| Última modificação do conteúdo jun 2019
Clique aqui para a versão para profissionais

Normalmente, o médico pode determinar se uma pessoa tem um distúrbio digestivo com base no histórico clínico e no exame físico. O médico pode, então, selecionar os procedimentos adequados que ajudam a confirmar o diagnóstico, determinar a extensão e a gravidade da doença, e ajudar no planejamento do tratamento.

Histórico clínico

Um médico identifica os sintomas por meio de entrevista com a pessoa para definir o histórico clínico e de perguntas específicas para obter informações adicionais. Por exemplo, ao conversar com uma pessoa que tem dor abdominal, o médico pode perguntar primeiro: “Como é a dor?” Essa pergunta pode ser seguida por perguntas como: “A dor ficar melhor depois que você come?” ou “A dor piora com o movimento?".

Exame físico

Primeiro, o médico observa o abdômen de diferentes ângulos à procura de expansão (distensão) da parede abdominal, que pode acompanhar um crescimento ou aumento anômalo de um órgão. Um estetoscópio é colocado sobre o abdômen para que o médico ouça os sons que normalmente acompanham o movimento de material através do intestino e quaisquer sons anômalos. O médico procura por regiões sensíveis e quaisquer massas anômalas ou aumento de órgãos. A dor que é provocada por uma suave pressão sobre o abdômen e que aumenta quando ocorre a descompressão (dor à descompressão) pode indicar a presença de inflamação e, às vezes, de infecção do revestimento da cavidade abdominal (peritonite).

O ânus e o reto são examinados com um dedo enluvado e uma pequena amostra de fezes às vezes é testada para verificar a presença de sangue não aparente (oculto). No caso de mulheres, um exame pélvico muitas vezes ajuda a diferenciar problemas digestivos de ginecológicos.

Avaliação psicológica

Uma vez que o sistema digestivo e o cérebro são altamente interativos ( Interações mente-corpo), às vezes, uma avaliação psicológica é necessária na avaliação de problemas digestivos. Nesses casos, o médico não está dando a entender que os problemas digestivos são inventados ou imaginários, e sim que os problemas digestivos talvez estejam sendo causados por ansiedade, depressão ou outros transtornos psicológicos tratáveis. Esses distúrbios podem afetar a atividade das contrações do trato digestivo e/ou a sensibilidade da pessoa a essas sensações.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Teste os seus conhecimentos

Câncer de estômago
Qual das seguintes opções é o melhor procedimento diagnóstico para o câncer de estômago?
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS