Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Granulomas piogênicos

Por

Denise M. Aaron

, MD, Dartmouth Geisel School of Medicine

Avaliado clinicamente jan 2022
VISUALIZAR A VERSÃO PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE
Fatos rápidos
Recursos do assunto

Os granulomas piogênicos consistem em zonas carnosas, levemente volumosas, de cor vermelha ou castanho-avermelhada úmida ou crocante, provocados por crescimento excessivo dos capilares (os vasos sanguíneos menores) e pelo inchaço do tecido circundante.

A saliência se desenvolve com rapidez, geralmente após uma lesão na pele (às vezes, a lesão não é percebida). Por razões desconhecidas, os granulomas piogênicos podem surgir também durante a gestação e aparecer até nas gengivas (tumores gravídicos).

Os granulomas piogênicos têm no geral 0,5 a 2 centímetros de diâmetro e surgem como saliências na superfície da pele. Não provocam dor, mas sangram facilmente ao toque ou à raspagem, visto serem formados, na sua maioria, por capilares.

Para diagnosticar granulomas piogênicos, o médico retira uma amostra do tecido e a envia para exame no laboratório (biópsia Biópsia Os médicos podem identificar muitos distúrbios da pele através de um simples exame visual. Um exame completo da pele inclui o exame do couro cabeludo, das unhas e das membranas mucosas. Às vezes... leia mais Biópsia ) para assegurar que o tumor não é um tipo de câncer de pele.

Às vezes, os granulomas piogênicos desaparecem por si só. Se persistirem, o médico pode removê-los cirurgicamente ou com uma agulha elétrica (eletrodissecação). Às vezes, os granulomas piogênicos voltam após o tratamento.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: VISUALIZAR A VERSÃO PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE
VISUALIZAR A VERSÃO PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE
quiz link

Test your knowledge

Take a Quiz! 
ANDROID iOS
ANDROID iOS
ANDROID iOS
PRINCIPAIS