Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Quadros clínicos relacionados a implantes dentários

Por

James T. Ubertalli

, DMD, Hingham, MA

Última revisão/alteração completa set 2020| Última modificação do conteúdo set 2020
Clique aqui para a versão para profissionais

As pessoas com implantes dentários podem desenvolver quadros clínicos nos tecidos moles e duros em que os implantes estão ancorados em consequência do acúmulo de bactérias na base do implante. As formas leves são caracterizadas por vermelhidão, inchaço e sensibilidade das gengivas, que às vezes sangram ao exame e/ou contêm acúmulos de pus. A doença mais avançada resulta em perda do osso de sustentação.

Existem três tipos de doença relacionada a implante:

  • Mucosite relacionada a implante

  • Peri-implantite

  • Deficiências peri-implantares de tecidos moles e/ou duros

Mucosite relacionada a implante

A mucosite relacionada a implante afeta o tecido gengival mole imediatamente ao redor do implante. Esta inflamação é causada por placa As doenças dentárias comuns incluem Cáries (causadas por deterioração do dente) Pulpite Abscesso periapical Dentes impactados leia mais e caracteriza-se por inchaço das gengivas que sangram quando examinadas. Os dentistas tratam este quadro clínico da mesma maneira que tratam as placas.

Peri-implantite

Na peri-implantite, a inflamação dos tecidos moles ao redor do implante é acompanhada pela perda progressiva do osso de sustentação. A peri-implantite está associada ao mau controle da placa e ocorre em pessoas com histórico de periodontite grave. Os dentistas a tratam da mesma maneira que tratam a periodontite Periodontite A periodontite é uma forma grave de gengivite em que a inflamação das gengivas se estende para as estruturas de suporte do dente. A placa e o tártaro se acumulam entre os dentes e a gengiva... leia mais Periodontite .

Deficiências peri-implantares de tecidos moles e/ou duros

A cicatrização normal que se segue à perda de dente pode resultar em deficiências do osso da mandíbula ou na falta de tecido gengival que seja saudável o suficiente e denso o suficiente para sustentar o implante. Os dentistas corrigem essas anormalidades enxertando tecidos duros ou moles.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Teste os seus conhecimentos
Luxação da mandíbula
Qual dos seguintes tratamentos pode ser necessário para as pessoas que tiveram mais de uma luxação da mandíbula?
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS