Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Meningite recorrente

Por

John E. Greenlee

, MD, University of Utah School of Medicine

Última revisão/alteração completa dez 2020| Última modificação do conteúdo dez 2020
Clique aqui para a versão para profissionais

A meningite recorrente é a meningite que ocorre mais do que uma vez. A meningite é uma inflamação das camadas do tecido que cobrem o cérebro e a medula espinhal (meninges) e do espaço preenchido por líquido entre as meninges (espaço subaracnóideo).

(Consulte também Introdução à meningite).

Ocasionalmente, as pessoas apresentam dois ou mais episódios de meningite. A meningite recorrente pode ser causada por bactérias, vírus ou outros quadros clínicos.

Bactérias

A meningite bacteriana pode reaparecer quando uma lesão não reparada ou defeito de nascimento permite que a bactéria entre no espaço entre as camadas de tecido (meninges) que cobrem o cérebro e a medula espinhal. O defeito pode situar-se:

  • Na base no crânio, permitindo a entrada de bactérias provenientes dos seios paranasais, do ouvido médio ou do osso atrás do ouvido (processo mastoide)

  • Nas meninges ou na medula espinhal (chamado defeito do tubo neural), geralmente no pescoço ou na região lombar

O único sintoma de um defeito na medula espinhal pode ser uma pequena ondulação ou um ramalhete de cabelo na pele sobre a medula espinhal.

A meningite devido a uma lesão ou defeito de nascença pode levar meses ou anos para se desenvolver.

Raramente, a meningite bacteriana recorrente resulta de um distúrbio hereditário (congênito) que afeta parte do sistema imunológico, chamada de sistema do complemento. Em tais casos, as bactérias mais prováveis de serem a causa são Streptococcus pneumoniae ou Neisseria meningitidis. As vacinas ajudam a proteger contra essas infecções. A vacina pneumocócica é usada para prevenir infecções causadas por Streptococcus pneumoniae e a vacina meningocócica é usada para prevenir aquelas causadas por Neisseria meningitidis.

Se a meningite bacteriana reaparecer, os médicos fazem um exame físico e, por vezes, tiram radiografias ou fazem uma tomografia computadorizada (TC) para verificar defeitos na base do crânio e na medula espinhal. Eles também podem fazer exames de sangue para verificar se há distúrbios hereditários do sistema imunológico.

A meningite bacteriana recorrente é tratada com antibióticos e dexametasona (um corticosteroide).

Vírus

A meningite viral recorrente é muito frequentemente causada por:

  • Vírus herpes simples tipo 2 (HSV-2)

Esse tipo de meningite recorrente é chamada meningite Mollaret. Ou seja, as pessoas geralmente têm febre ou mais episódios de febre, dor de cabeça e rigidez no pescoço. Em geral, os episódios duram apenas 2 a 5 dias e depois se solucionam por si mesmos. As pessoas podem parecer sonolentas ou letárgicas. Algumas têm convulsões, problemas de visão ou perda de audição.

A meningite Mollaret é tratada com o medicamento antiviral aciclovir. A maioria das pessoas se recupera totalmente.

Outras causas

A meningite recorrente também pode ser causada por quadros que não são infecciosos (consulte a tabela Algumas causas de meningite não infecciosa), como anti-inflamatórios não esteroides (AINEs) ou outro medicamento. Se um episódio de meningite foi causado por um medicamento, a meningite pode reaparecer se as pessoas tomarem novamente o medicamento.

A meningite causada por ruptura de um cisto no cérebro pode também reaparecer. Esses cistos são diagnosticados por ressonância magnética (RM) do cérebro e/ou medula espinhal ou, se a RM estiver indisponível, pela tomografia computadorizada (TC).

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Teste os seus conhecimentos

Agnosia
A agnosia é a perda da capacidade de identificar objetos, utilizando um ou mais dos sentidos. Os sintomas de agnosia variam dependendo de quais áreas do cérebro foram lesionadas. Quando uma pessoa não consegue identificar um telefone ao ouvi-lo tocar, qual dos seguintes lobos do cérebro muito provavelmente está danificado?
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS