Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Introdução à meningite

Por

John E. Greenlee

, MD, University of Utah Health

Última revisão/alteração completa dez 2020| Última modificação do conteúdo dez 2020
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

A meningite é uma inflamação das camadas do tecido que cobrem o cérebro e a medula espinhal (meninges) e do espaço preenchido por líquido entre as meninges (espaço subaracnóideo).

  • A meningite pode ser causada por bactérias, vírus ou fungos, por distúrbios que não são infecções ou por medicamentos.

  • Os sintomas de meningite incluem febre, dor de cabeça e uma rigidez da nuca que dificulta ou impossibilita abaixar o queixo até o peito, embora os bebês possam não apresentar rigidez da nuca e os sintomas possam ser diferentes em pessoas muito idosas e em pessoas que tomam medicamentos que suprimem o sistema imunológico.

  • É feita uma punção lombar para obter uma amostra de líquido cefalorraquidiano para análise.

  • O tratamento de meningite depende da causa (por exemplo, antibióticos para meningite bacteriana) e inclui medicamentos para aliviar os sintomas.

O cérebro e a medula espinhal estão cobertos por três camadas de tecidos chamadas meninges. Essas camadas são a:

  • Dura-máter (mais externa)

  • Membrana aracnoide (mediana)

  • Pia-máter (mais interna)

Tecidos que revestem o cérebro

Tecidos que revestem o cérebro

Entre a membrana aracnoide e a pia-máter há o espaço subaracnóideo. Esse espaço contém o líquido cefalorraquidiano que flui entre as meninges, preenche as cavidades intracerebrais e amortece o cérebro e a medula espinhal.

Mais frequentemente, a meningite é causada por:

  • Infecção por micro-organismos, como bactérias, vírus ou fungos

Porém, certos medicamentos e distúrbios que não são infecções causam ocasionalmente meningite (chamada meningite não infecciosa). Essas doenças incluem as seguintes:

A meningite muitas vezes aparece de repente (chamada meningite aguda). Por vezes, ela se desenvolve ao longo de um período de vários dias a várias semanas (chamada meningite subaguda). Se durar 4 semanas ou mais, ela é considerada crônica. Ela pode reaparecer após parecer ter sumido (chamada meningite recorrente).

A meningite pode ser classificada pelo que a causa (bactérias, vírus ou outra coisa) ou pela rapidez com que se desenvolve (aguda, subaguda ou crônica). Mas é geralmente classificada como uma das seguintes:

A meningite bacteriana aguda é particularmente grave e piora rapidamente. A maioria das pessoas com meningite viral ou não infecciosa se recupera em poucas semanas. A meningite subaguda e a meningite crônica geralmente evoluem lenta e gradativamente, mas os médicos podem ter dificuldade em determinar a sua causa e, portanto, qual tratamento deve ser administrado.

Meningite asséptica, muitas vezes usada para se referir à meningite viral, geralmente se refere à meningite causada por alguma coisa que não seja a bactéria que geralmente causa a meningite bacteriana aguda. Assim, a meningite asséptica pode incluir meningite causada por:

Sintomas da meningite

Tipos diferentes de meningite podem causar diversos sintomas. Além disso, os sintomas diferem na gravidade e na rapidez com que se desenvolvem. Porém, todos os tipos causam o seguinte:

  • Pescoço dolorido e rígido que faz com que abaixar o queixo até o peito seja difícil ou impossível

  • Cefaleia

  • Febre

No entanto, esses sintomas estão frequentemente ausentes ou não são identificados facilmente em bebês. Além disso, rigidez da nuca ou febre pode estar ausente em pessoas muito idosas ou em pessoas que estão tomando medicamentos que suprimem o sistema imunológico (imunossupressores).

As pessoas podem também parecer letárgicas ou indiferentes.

Diagnóstico de meningite

  • Punção lombar e análise do líquido cefalorraquidiano

Os médicos muitas vezes suspeitam de meningite com base nos sintomas. Mas como a meningite pode ser séria, são feitos exames.

Quando os médicos suspeitam de meningite bacteriana, primeiramente eles retiram uma amostra de sangue para análise e cultura (para cultivar micro-organismos). No entanto, a meningite bacteriana não pode ser diagnosticada por análises de sangue.

Para todos os tipos meningite, os médicos fazem uma punção lombar Punção lombar Em algumas ocasiões, é necessário recorrer a procedimentos diagnósticos para confirmar o diagnóstico sugerido pelo histórico clínico e pelo exame neurológico. A eletroencefalografia (EEG) é... leia mais Punção lombar para diagnosticar e identificar a causa. A amostra de líquido cefalorraquidiano é coletada e enviada para um laboratório para ser examinada, analisada e cultivada.

Porém, se suspeitarem que a pressão dentro do crânio aumentou muito (por exemplo, por um abscesso, tumor ou outra massa no cérebro), pode ser feita primeiramente uma tomografia computadorizada (TC) ou ressonância nuclear magnética (RM) para verificar a presença de tais massas. Fazer a punção lombar quando a pressão no crânio é maior pode ser perigoso. Partes do cérebro podem se deslocar para baixo. Se essas partes forem pressionadas pelas pequenas aberturas nos tecidos que separam o cérebro em compartimentos, isso resulta em um distúrbio com risco de morte chamado herniação do cérebro Herniação: O cérebro sob pressão Causas frequentes de traumatismos cranianos incluem quedas, acidentes com veículos motorizados, agressões físicas e acidentes durante esportes ou atividades recreativas. As pessoas com traumatismos... leia mais .

Se uma punção lombar não puder ser feita imediatamente e os médicos suspeitarem de meningite bacteriana, eles começarão o tratamento com antibióticos sem aguardar os resultados dos exames. Depois que a pressão dentro do crânio for reduzida ou se nenhuma massa for detectada, é feita uma punção lombar, e os médicos ajustam o tratamento, se necessário, após obterem os resultados.

Tratamento da meningite

  • Para meningite causada por infecção, medicamentos antimicrobianos

  • Medidas gerais e medicamentos para aliviar os sintomas

O tratamento da meningite depende da causa. Se a meningite for causada por uma infecção, são usados medicamentos antimicrobianos adequados (como antibióticos, medicamentos antivirais ou medicamentos antifúngicos).

Se os médicos suspeitarem que a meningite está sendo causada por bactérias, ou se a pessoa parecer muito doente, eles administrarão antibióticos imediatamente, sem aguardar os resultados dos exames, pois a meningite bacteriana progride rapidamente e é potencialmente fatal. As pessoas também podem receber corticosteroides para reduzir o inchaço do cérebro.

Medidas gerais podem ajudar a aliviar os sintomas quando a meningite for causada por quadros clínicos como uma infecção viral ou reação a um medicamento. Quando a meningite é leve, beber bastantes líquidos, descansar e tomar medicamentos de venda livre (sem receita) podem ajudar a aliviar a febre e a dor.

Se a meningite for grave, as pessoas são internadas no hospital para receber tratamento.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Teste os seus conhecimentos
Apraxia
Qual das opções a seguir é mais frequentemente prejudicada em pessoas com apraxia?
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS