Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Cistos de Baker

(Baker's Cysts; Popliteal Cysts)

Por

Joseph J. Biundo

, MD, Tulane Medical Center

Última revisão/alteração completa fev 2020| Última modificação do conteúdo fev 2020
Clique aqui para a versão para profissionais
Fatos rápidos

Os cistos de Baker são pequenas bolsas preenchidas com líquido articular (sinovial) que se formam em um segmento da cápsula articular atrás do joelho.

O cisto de Baker resulta do acúmulo de líquido articular que fica preso, havendo a formação de uma protuberância na cápsula da articulação atrás do joelho, como uma herniação. As causas do acúmulo de líquido articular incluem artrite reumatoide, osteoartrite e o uso excessivo dos joelhos. Os cistos de Baker causam, frequentemente, desconforto na parte de trás do joelho. Os cistos podem aumentar e ficar do tamanho de uma bola de beisebol, bem como se estender em direção aos músculos da panturrilha. (Consulte também Introdução às doenças dos músculos, bursas e tendões.)

O aumento rápido da quantidade e da pressão do líquido dentro do cisto pode rompê-lo. O líquido liberado pelo cisto pode fazer os tecidos adjacentes ficarem inflamados, resultando em sintomas que podem ser semelhantes aos provocados por um coágulo de sangue na panturrilha (trombose venosa profunda [TVP]). Além disso, uma protuberância ou ruptura do cisto de Baker raramente poderia de fato causar tromboflebite na veia poplítea (localizada atrás do joelho) por pressioná-la.

Diagnóstico

  • Avaliação de um médico

  • Algumas vezes, exames de imagem

Geralmente, o médico pode fazer o diagnóstico de cisto de Baker fazendo perguntas específicas sobre os sintomas e palpando o inchaço atrás do joelho ou na panturrilha.

Se necessário, ultrassonografia, ressonância magnética (RM) ou artrografia podem ajudar no diagnóstico, distinguir o cisto de um coágulo de sangue em veias profundas (TVP) e documentar a extensão do cisto.

Tratamento

  • Aspiração articular e injeção de corticosteroide

  • Às vezes, remoção cirúrgica do cisto

  • No caso de cistos rompidos, analgésicos

Quando a artrite causa inchaço crônico do joelho, o médico pode precisar remover o líquido com uma agulha (procedimento chamado aspiração articular) e injetar um corticosteroide de ação prolongada (como triancinolona acetonida) para diminuir o tamanho do cisto ou prevenir a formação de um cisto de Baker. A remoção cirúrgica do cisto é uma alternativa se outros tratamentos não forem eficazes.

Se um cisto tiver se rompido, a dor é tratada com um anti-inflamatório não esteroide (AINE) ou outro analgésico se o paciente não puder tomar um AINE. Se a ruptura do cisto causar tromboflebite na veia poplítea, o tratamento inclui repouso, elevação da perna, compressas quentes e anticoagulantes (como varfarina).

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Teste os seus conhecimentos

Dor articular: Uma única articulação
Exames de sangue são realizados para diagnosticar ou descartar qual das opções a seguir como causa de dor em uma única articulação?
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS