Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Deformação de boutonnière

(Buttonhole Deformity)

Por

David R. Steinberg

, MD, Perelman School of Medicine at the University of Pennsylvania

Última revisão/alteração completa mai 2020| Última modificação do conteúdo mai 2020
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

O dedo em botoeira é uma deformação em que a articulação central do dedo fica curvada em uma posição fixa para dentro (em direção à palma da mão) e a última articulação flexiona-se excessivamente para fora (em direção oposta à palma da mão).

Dedo em botoeira muitas vezes resulta da artrite reumatoide, mas também pode ser resultado de uma lesão (como cortes profundos, luxação de articulações ou fraturas) ou osteoartrite.

Pessoas com artrite reumatoide podem desenvolver a doença, como consequência de uma inflamação prolongada da articulação central de um dedo.

Se a deformação for causada por uma lesão, esta geralmente ocorre na base de um tendão (denominado tendão extensor da falange média). Como resultado, a articulação média (designada articulação interfalangiana proximal) “insere-se” numa botoeira entre as bandas externas do ten­dão que se prolonga até à ponta dos dedos. Ou seja, os ossos da articulação passam através das bandas do tendão como um botão por uma botoeira. A deformação pode interferir na função da mão.

O médico faz o diagnóstico de dedo em botoeira ao examinar o dedo.

Quando os dedos estão curvados de forma anormal

Algumas doenças, como artrite reumatoide e lesões, podem fazer com que os dedos se curvem de forma anormal. Na deformidade em pescoço de cisne, a articulação na base do dedo flexiona-se (flexiona), a articulação central abre-se (estende) e a última articulação se dobra (flexiona). No dedo em botoeira, a articulação central do dedo flexiona-se para dentro (em direção à palma da mão) e a articulação externa flexiona-se para fora (em direção oposta à palma da mão).

Quando os dedos estão curvados de forma anormal

Tratamento

  • Uma tala

  • Às vezes, cirurgia

Normalmente, um dedo em botoeira causado por uma lesão no tendão extensor (um tendão que puxa o dedo para cima) pode ser corrigido com uma tala, que mantenha a articulação média completamente estendida durante seis semanas. Contudo, a tala não será eficaz se já tiver ocorrido cicatrização ou deformação permanente (geralmente depois de muitas semanas).

Quando a tala é ineficaz ou quando o dedo em botoeira ocorre em consequência da artrite reumatoide, cirurgia pode ser necessária para melhorar a função do dedo.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS