Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

Carregando

Oligúria

Por

Soumitra R. Eachempati

, MD, Weill Cornell Medical College, New York Presbyterian Hospital

Última modificação do conteúdo jan 2017
Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família
Recursos do assunto

Oligúria é excreção de urina < 500 mL/24 h em adulto, ou < 0,5 mL/kg/h em adulto ou criança (< 1 mL/kg/h em neonatos).

Etiologia

As causas de oligúria são tipicamente divididas em 3 categorias:

  • Pré-renal (relacionada ao fluxo sanguíneo)

  • Renal (distúrbios renais intrínsecos)

  • Pós-renal (obstrução da saída)

Existe um grande número dessas entidades ( Lesão renal aguda (LRA)), mas um número limitado causa a maioria dos casos de oligúria aguda em pacientes hospitalizados ( Algumas causas de oligúria).

Tabela
icon

Algumas causas de oligúria

Mecanismo

Exemplos

Pré-renal*

Hipovolemia

Sangramento

Perda de líquidos

Reposição de líquidos inadequada

Baixo débito cardíaco

IM

Resistência vascular sistêmica diminuída

Renal

Hipoperfusão (prolongada, p. ex., > 4 h)

Contraste radiográfico

Rabdomiólise

Fármacos nefrotóxicos (p. ex., aminoglicosídeos e outros antibíóticos, AINEs)

Pós-renal

Obstrução urinária mecânica

Cateter urinário entupido

Disfunção vesical ou esfincteriana

Uso de fármacos anticolinérgicos

Retenção urinária pós-operatória

Impactação fecal, quando grave

*Frequentemente, essas condições pré-renais coexistem e reduzem rapidamente (i.e., em < 1 h) a eliminação de urina.

Avaliação

História

Em pacientes comunicativos, uma pronunciada premência de urinar sugere obstrução da saída, ao passo que sede e ausência de premência de urinar sugerem esgotamento de volume. Em pacientes obnubilados (e, presumivelmente, cateterizados), uma súbita diminuição do fluxo de urina em um paciente normotenso sugere oclusão do cateter (p. ex., causada por coágulo ou dobramento) ou seu deslocamento, ao passo que uma diminuição gradual é mais provavelmente decorrente de necrose tubular aguda (NTA) ou uma causa pré-renal.

Os eventos médicos recentes são úteis; eles incluem revisão das leituras recentes de PA, procedimentos cirúrgicos, e administração de fármacos e contrastes radiológicos. Cirurgia ou trauma recente pode ser consistente com hipovolemia. Lesão grave por esmagamento, queimadura elétrica profunda ou intermação sugere rabdomiólise.

Exame físico

Os sinais vitais são revisados, particularmente para hipotensão, taquicardia ou ambas (sugerindo hipovolemia ou sepse) e febre (sugerindo sepse). Deve-se procurar sinais de infecção focal e insuficiência cardíaca. Distensão palpável da bexiga indica obstrução de saída. Urina marrom escura sugere mioglobinúria.

Exames

Em todos os pacientes cateterizados (e naqueles com conduto ileal), a permeabilidade deve ser averiguada por irrigação antes de exames adicionais; essa abordagem poderá resolver o problema. Em muitos dos demais pacientes, a etiologia (p. ex., choque, sepse) é clinicamente aparente. Em outros, particularmente naqueles com distúrbios múltiplos, exames são necessários para diferenciar entre causas pré-renais e causas renais (NTA). Em pacientes sem cateter urinário deve ser considerada a colocação de um cateter; isso diagnosticará e tratará a obstrução e proporcionará monitoramento contínuo da excreção.

Se um cateter venoso central ou de artéria pulmonar está colocado, o estado de volume (e, com um cateter de artéria pulmonar, o débito cardíaco) pode ser determinado mensurando-se a pressão venosa central (ver Meta e monitoramento) ou pressão de oclusão da artéria pulmonar. Entretanto, muitos médicos não inseririam um acesso desses em caso de oligúria aguda, a menos que houvesse outras indicações. Uma alternativa para o paciente sem sinais de sobrecarga de volume é administrar rapidamente um bolo de teste de líquido intravenoso (IV), 500 mL de solução salina a 0,9% (20 mL/kg em crianças); um aumento da excreção sugere causa pré-renal.

equation
Calculadora clínica:
icon

Uma razão < 1 indica que o rim é capaz de reabsorver sódio, então o problema é pré-renal. Uma razão > 2 indica uma provável causa renal.

Tratamento

Tratam-se as causas identificadas, corrige-se a obstrução do fluxo de saída, substitui-se o volume e normaliza-se o débito cardíaco. Os fármacos nefrotóxicos são suspensas e substituídas por outro fármaco. A hipotensão deve ser evitada, para prevenir agressões adicionais aos rins. Pacientes com insuficiência renal que não pode ser revertida podem requerer terapia de reposição renal (p. ex., hemofiltração venovenosa contínua ou hemodiálise).

Pontos-chave

  • As categorias de causas de oligúria incluem diminuição do fluxo sanguíneo renal, insuficiência renal e obstrução do fluxo urinário.

  • Frequentemente, a história e o exame físico sugerem um mecanismo (p. ex., hipotensão recente, uso de fármaco nefrotóxico).

  • Mensurar eletrólitos, ureia e creatinina séricos.

  • Mensurar sódio na urina e a concentração de creatinina, e calcular a excreção fracionária de sódio se não estiver claro se a causa é pré-renal ou renal; uma razão < 1 indica que o problema é pré-renal, enquanto uma razão > 2 indica uma provável causa renal.

Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família
Profissionais também leram

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Como inserir uma via aérea do tipo máscara laríngea
Vídeo
Como inserir uma via aérea do tipo máscara laríngea
How to do Orotracheal Intubation Using Video Laryngoscopy
Vídeo
How to do Orotracheal Intubation Using Video Laryngoscopy

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS