Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

Carregando

Inversão uterina

Por

Julie S. Moldenhauer

, MD, Children's Hospital of Philadelphia

Última modificação do conteúdo jun 2018
Clique aqui para acessar Educação para o paciente
Recursos do assunto

A inversão uterina é uma emergência médica rara na qual o corpo uterino vira pelo avesso, protraindo-se através do colo do útero até o interior da vagina ou além da abertura vaginal.

O útero é mais comumente invertido quando muita tração é aplicada no cordão umbilical, na tentativa de retirar a placenta. A excessiva pressão no fundo uterino durante a retirada da placenta, um útero flácido ou placenta acreta (placenta com aderência anormal) podem contribuir.

O diagnóstico de um útero invertido é clínico.

Tratamento

  • Redução manual

O tratamento de um útero invertido é a redução manual imediata, empurrando-se o fundo uterino até o útero chegar à sua posição habitual. Se a placenta continuar ligada, o útero deve ser reposicionado antes que a placenta seja removida.

Por causa do desconforto, analgésicos e sedativos intravenosos ou anestesia geral algumas vezes são necessários. Terbutalina 0,25 mg IV ou nitroglicerina 50 mcg IV também pode ser necessária.

Se a tentativa de redução uterina for infrutífera, a laparotomia pode ser necessária; o fundo uterino é manipulado por vias vaginal e abdominal para fazer com que o útero volte à sua posição habitual. Depois que o útero estiver no lugar, as mulheres devem receber um fármaco uterotônico (p. ex., infusão de ocitocina) para reduzir a probabilidade de reinversão e hemorragia.

Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família
Profissionais também leram

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Como fazer versão cefálica externa
Vídeo
Como fazer versão cefálica externa
Modelos 3D
Visualizar tudo
Parto vaginal
Modelo 3D
Parto vaginal

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS