Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

honeypot link

Disfunção do nó sinusal

(Síndrome da doença do nó sinusal)

Por

L. Brent Mitchell

, MD, Libin Cardiovascular Institute of Alberta, University of Calgary

Última modificação do conteúdo jul 2019
Clique aqui para acessar Educação para o paciente

Disfunção do nó sinusal refere-se a várias condições que acarretam frequências atriais fisiologicamente inapropriadas. Os sintomas podem ser mínimos ou envolver fraqueza, intolerância a esforços, palpitação e síncope. O diagnóstico é realizado por ECG. Os pacientes sintomáticos requerem implantação de marca-passo.

A disfunção do nodo sinusal apresenta

  • Bradicardia sinusal inapropriada

  • Alternância entre taquiarritmias bradicárdicas e atriais (síndrome de bradicardia-taquicardia)

  • Pausa ou parada sinusal

  • Bloqueio da saída sinoatrial

A disfunção do nó sinusal compromete principalmente o idoso, em especial os portadores de outras cardiopatias ou diabetes.

A pausa sinusal é a interrupção temporária da atividade do nó sinusal, observada no ECG como desaparecimento das ondas P de segundos a minutos. A pausa geralmente deflagra atividade de escape em marca-passos mais baixos (p. ex., atrial ou juncional), preservando frequência e função cardíaca, mas pausas mais longas provocam tontura e síncope.

No bloqueio de saída SA, o nó SA despolariza-se, mas a condução dos impulsos para o tecido atrial está comprometida.

  • No bloqueio SA de 1º grau, o impulso do nó SA está apenas mais lento e o ECG é normal.

  • No bloqueio SA de 2º grau do tipo I (SA de Wenckebach), a condução do impulso diminui antes do bloqueio, visto no ECG como um intervalo P-P que diminui progressivamente até que a onda P cai completamente, criando uma pausa e o aparecimento de batidas agrupadas; a duração da pausa é inferior a 2 ciclos P-P.

  • No bloqueio SA de 2º grau do tipo II, a condução dos impulsos é bloqueada sem o atraso antecedente, provocando pausa múltipla (em geral, o dobro) do intervalo P-P e o surgimento de batimentos agrupados.

  • No bloqueio SA de 3º grau, a condução está bloqueada, com ausência de ondas P, simulando parada sinusal.

Etiologia

A causa mais comum da disfunção do nó sinusal é

  • Fibrose idiopática do nó SA, que pode ser acompanhada da degeneração de elementos inferiores do sistema de condução.

Outras causas envolvem fármacos, tônus vagal excessivo e várias doenças isquêmicas, inflamatórias e infiltrativas.

Sinais e sintomas

Muitos pacientes com disfunção do nó sinusal são assintomáticos, mas, dependendo da frequência cardíaca, podem ocorrer todos os sintomas de bradicardia e taquicardia.

Diagnóstico

  • ECG

Um pulso lento e irregular sugere o diagnóstico da disfunção do nó sinusal, que é confirmada por ECG, traçado de ritmo ou registro contínuo do ECG de 24 horas. Alguns pacientes apresentam fibrilação atrial, e a disfunção do nó sinusal subjacente manifesta-se somente após a conversão ao ritmo sinusal.

Prognóstico

O prognóstico da disfunção do nó sinusal é misto, uma vez que, sem tratamento, a mortalidade é de cerca de 2% ao ano, decorrente principalmente da cardiopatia estrutural de base. A cada ano, cerca de 5% dos pacientes desenvolvem fibrilação atrial, com os respectivos riscos de insuficiência cardíaca e acidente vascular encefálico.

Tratamento

  • Marca-passo

O tratamento da disfunção do nó sinusal é implante de marca-passo. O risco de fibrilação atrial é amplamente reduzido quando se utiliza marca-passo fisiológico (atrial ou atrial e ventricular), em vez de marca-passo ventricular. Novos marca-passos de dupla câmara que minimizam o marca-passo ventricular podem reduzir ainda mais o risco de fibrilação atrial. Os fármacos antiarrítmicos podem prevenir taquiarritmias paroxísticas após a implantação do marca-passo.

A teofilina e a hidralazina são opção para aumento da frequência cardíaca em pacientes mais jovens e saudáveis, que desenvolvem bradicardia sem síncope.

Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família
Profissionais também leram

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS ANDROID iOS
PRINCIPAIS