Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

honeypot link

Toxicidade da vitamina C

(Toxicidade do ácido ascórbico)

Por

Larry E. Johnson

, MD, PhD, University of Arkansas for Medical Sciences

Última modificação do conteúdo ago 2019
Clique aqui para acessar Educação para o paciente

Ingestão diária de > 2 g de vitamina C pode causar náuseas e diarreia, interferir no equilíbrio fisiológico entre antioxidantes e pró-oxidantes e, nos pacientes com talassemia ou hemocromatose, promover sobrecarga de ferro.

A vitamina C desempenha um papel importante na formação de colágeno, carnitina, hormônios e aminoácidos. É essencial para a saúde dos ossos e vasos sanguíneos e para a cicatrização de feridas, facilitando a recuperação de queimaduras. A vitamina A também é um antioxidante, reforça a função imunitária e facilita a absorção de ferro (ver tabela Fontes, funções e efeitos das vitaminas).

As maiores fontes de vitamina C nos alimentos são frutas cítricas, tomates, batatas, brócolis, morangos e pimentões (Ver também Visão geral das vitaminas.)

O limite superior de vitamina C é 2000 mg/dia.

Às vezes, consome-se mais de 10 g/dia de vitamina C para benefícios ainda não comprovados, como prevenção ou redução da duração de infecções virais, ou interrupção ou reversão da progressão de câncer ou aterosclerose. Tais doses podem acidificar a urina, causar náuseas e diarreia, interferir no equilíbrio entre antioxidantes e pró-oxidantes no corpo e, em pacientes com talassemia ou hemocromatose, promover sobrecarga de ferro.

Ingestão de vitamina C abaixo do limite superior não tem efeito tóxico em adultos saudáveis.

Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família
Profissionais também leram

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS ANDROID iOS
PRINCIPAIS