Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

Carregando

Abscesso prostático

Por

Gerald L. Andriole

, MD,

  • Royce Distinguished Professor and Chief of Urologic Surgery
  • Barnes-Jewish Hospital, Washington University School of Medicine

Última modificação do conteúdo mar 2018
Clique aqui para acessar Educação para o paciente

Abscesso prostático é uma coleção purulenta focal que se desenvolve como complicação da prostatite bacteriana aguda.

Os organismos infectantes habituais incluem bacilos aeróbios Gram-negativos ou, com menos frequência, Staphylococcus aureus.

Sintomas

Os sintomas comuns incluem

  • Frequência urinária

  • Disúria

  • Retenção urinária

Dor no períneo, evidências de epididimite aguda, hematúria e secreção uretral purulenta são menos comuns. Algumas vezes, há febre.

O exame retal pode mostrar dor na próstata e flutuação, mas o aumento da próstata é, em geral, a única anormalidade e, às vezes, a glândula aparentemente está normal.

Diagnóstico

  • Ultrassonografia da próstata e, possivelmente, cistoscopia

Há suspeita de abscesso em pacientes com dor perineal persistente e infecções do trato urinário contínuas ou reincidentes apesar da terapia antimicrobiana. Esses pacientes devem ser submetidos a ultrassonografia da próstata e, possivelmente, cistoscopia.

Entretanto, vários abscessos são descobertos de modo inesperado durante cirurgias da próstata ou endoscopia; abaulamento do lobo lateral na uretra prostática ou ruptura durante a instrumentação revelam abscesso prostático. Apesar da piúria e da bacteriúria serem frequentes, a urina pode ser normal. Hemoculturas são positivas em alguns pacientes.

Tratamento

  • Antibióticos

  • Drenagem

O tratamento envolve antibióticos adequados associados a evacuação transuretral ou aspiração e drenagem transperineal. Enquanto se aguarda os resultados da cultura, inicia-se a terapia antibiótica empírica com uma fluoroquinolona (p. ex., ciprofloxacina).

Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família
Profissionais também leram

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS