Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

Carregando

Gastrite pós-gastrectomia

Por

Nimish Vakil

, MD, University of Wisconsin School of Medicine and Public Health

Última modificação do conteúdo jan 2020
Clique aqui para acessar Educação para o paciente

A gastrite pós-gastrectomia é uma inflamação gástrica que ocorre após a gastrectomia parcial ou subtotal (exceto em caso de gastrinoma). A inflamação crônica pode resultar em atrofia.

A metaplasia remanescente na mucosa do corpo é comum. O grau de gastrite em geral é maior junto a anastomoses.

Vários mecanismos são responsáveis:

  • O refluxo biliar, que é comum após esse tipo de cirurgia, danifica a mucosa gástrica.

  • A perda da gastrina antral diminui a estimulação das células parietais e pépticas, causando atrofia.

  • A vagotomia pode resultar em uma perda da ação trófica vagal.

Não existem sintomas específicos da gastrite. A gastrite pós-gastrectomia em geral evolui para atrofia intensa e acloridria. A produção do fator intrínseco pode cessar, resultando em deficiência de vitamina B12 (que pode piorar com o hipercrescimento bacteriano na alça aferente). O risco relativo de adenocarcinoma gástrico parece aumentar entre 15 e 20 anos após a gastrectomia parcial; no entanto, dada a baixa incidência absoluta de câncer pós-gastrectomia, a vigilância endoscópica de rotina provavelmente não é eficaz em termos de custos, mas os sintomas gastrointestinais altos ou a anemia nesses pacientes indicam a realização de uma endoscopia.

Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família
Profissionais também leram

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS