Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

Carregando

Epifisite do calcâneo

(Doença de Sever)

Por

Kendrick Alan Whitney

, DPM,

  • Associate Professor, Department of Biomechanics
  • Temple University School of Podiatric Medicine

Última modificação do conteúdo abr 2018
Clique aqui para acessar Educação para o paciente

Epifisite do calcâneo é a interrupção entre apófise calcânea e corpo do calcanhar, a qual ocorre antes da ossificação calcânea se completar. O diagnóstico é clínico. O tratamento é feito com calcanheiras e uso de talas ou gesso.

O calcâneo se desenvolve de dois centros de ossificação: um começa na hora do nascimento e o outro normalmente aos 8 anos de idade. A ossificação é normalmente completada aos 15 anos de idade. A interrupção cartilaginosa na epifisite calcânea pode resultar de uso excessivo da apófise pelos músculos contratados e encurtados da panturrilha. O acesso do crescimento ósseo sem alongamento adaptativo dos músculos da panturrilha pode fazer esse papel.

A dor se desenvolve em pacientes (em geral dos 9 aos 14 anos) com história de atividade atlética, especialmente aqueles que usam calçados sem a elevação do calcâneo (como calçados de corrida ou futebol com travas); ela afeta as laterais e as bordas do calcanhar e é agravada ao permanecer na ponta dos dedos ou ao correr. Ocasionalmente ocorre calor e edema.

O diagnóstico é clínico. Radiografias não costumam ser úteis.

Tratamento

  • Calcanheiras e uso de ataduras ou gesso

Calcanheiras que elevam o calcanhar aliviam os sintomas reduzindo o impacto do tendão do calcâneo no calcanhar. Ataduras podem ser usadas à noite para alongar passivamente os músculos da panturrilha, ajudando a manter a flexibilidade. Repouso, gelo, modificações das atividades e uso de calcanheiras costumam aliviar a dor. Em casos recalcitrantes ou mais graves, a imobilização com gesso pode ser usada para aliviar a dor e alongar os músculos da panturrilha. O diagnóstico é importante porque os sintomas podem durar muitos meses, mas são autolimitantes.

Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS