Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

Carregando

Doença de Freiberg

(Doença de Freiberg, infração de Freiberg)

Por

Kendrick Alan Whitney

, DPM, Temple University School of Podiatric Medicine

Última modificação do conteúdo abr 2018
Clique aqui para acessar Educação para o paciente
Recursos do assunto

A doença de Freiberg consiste na necrose avascular da cabeça metatarsal. A dor é mais pronunciada durante o levantamento de peso. O diagnóstico é confirmado com radiografias. O tratamento é feito com infiltração de corticoides, imobilização e órteses.

Ossos do pé

Ossos do pé

A doença de Freiberg é uma causa comum de metatarsalgia. A doença de Freiberg é causada por microtrauma na metáfise e placa de crescimento. A necrose avascular achata a cabeça do metatarso. A cabeça do 2º metatarso é a mais frequentemente comprometida. A doença de Freiberg pode ocorrer mais frequentemente entre meninas adolescentes e pessoas que têm o 1º osso metatarsal curto ou o 2º osso longo, o que aumenta a pressão na cabeça e articulação do 2º metatarso. A articulação metatársica tende a entrar em colapso, e as atividades que pressionam repetidamente essa articulação, como dançar, pular ou correr, podem acelerar este processo.

Sinais e sintomas

A dor é mais pronunciada na parte dianteira do pé na cabeça metatarsal com descarga de peso, particularmente quando inicia o passo ou quando usa sapatos de salto alto. A articulação metatarsofalangiana pode, também, ter edema e ter amplitude limitada e dolorida a movimentação passiva.

Diagnóstico

  • Radiografias

O diagnóstico da doença de Freiberg é confirmado por meio de radiografia. Tipicamente, a cabeça do 2º metatarso está alargada e achatada e a articulação metatarsal está esclerótica e irregular.

Tratamento

  • Imobilização e descarga de peso, se for aguda, e depois modificação do calçado.

Infiltração com corticoides e imobilização podem ajudar a aliviar as recidivas agudas e dolorosas. O tratamento em longo prazo da doença de Freiberg pode exigir órteses com barras metatarsais e sapatos de salto baixo, possivelmente com modificações no solado, para reduzir a pressão na cabeça e articulação do 2º metatarso. Raramente, a excisão cirúrgica da cabeça metatarsal pode ser necessária para aliviar a dor recalcitrante.

Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família
Profissionais também leram

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS