Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Seguro para cuidados de longo prazo

Por

Roger I. Schreck

, MD

Última revisão/alteração completa mar 2018| Última modificação do conteúdo abr 2018
Clique aqui para a versão para profissionais
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

Os detalhes atuais referentes ao financiamento e à disponibilidade de cuidados médicos nos Estados Unidos ainda não estão firmemente estabelecidos. O leitor é encaminhado aos Centros de Serviços da Medicare e Medicaid e à fundação The Henry J. Kaiser Family Foundation para obter informações atualizadas.

Como as pessoas estão vivendo mais, a necessidade de cuidados de longo prazo tende a aumentar. Cuidados de longo prazo envolvem ajudar a pessoa a funcionar o melhor possível. Isso inclui ajudar com as atividades diárias, como preparar as refeições, a banhar-se e a vestir-se, assim como ajudar com os cuidados de saúde. Cuidados de longo prazo podem ser fornecidos em casa ou em uma instituição como uma casa de repouso.

Cuidados de longo prazo são caros e, como sugerido pelo nome, normalmente são necessários por um longo período. Logo, muitas pessoas precisam de ajuda para pagar por isso. Muitas pessoas pensam erroneamente que a Medicare cobre cuidados de longo prazo. Além disso, a Medicaid, que cobre cuidados (incluindo de longo prazo) para certas pessoas com recursos financeiros escassos, pode não ser aceita por alguns provedores de cuidados de longo prazo.

A decisão sobre a compra do seguro de cuidados de longo prazo depende de vários fatores:

  • Necessidades

  • Custo

  • Momento

  • Cobertura

Necessidade: é necessário o seguro de cuidados de longo prazo?

As pessoas que não precisam deste seguro incluem

  • Aquelas cuja única renda vem da previdência social e que têm bens limitados

  • Aquelas que se qualificam para a Medicaid ou que logo se qualificarão após entrarem em uma casa de repouso que aceita o seguro Medicaid

  • Aquelas que têm grandes reservas financeiras e podem pagar por cuidados de longo prazo sem seguro

As pessoas que podem necessitar desse seguro incluem aquelas que não são ricas nem pobres e que

  • Querem proteger seus bens ou os de seus familiares

  • Não querem depender de um familiar para seus cuidados

  • Querem assegurar-se de que receberão cuidados de alta qualidade

  • Querem ter mais controle sobre quando, como e onde receberão os cuidados – por exemplo, em sua casa e não em uma casa de repouso

Custos: comprar um seguro de cuidados de longo prazo será difícil financeiramente?

As pessoas devem considerar se podem pagar os prêmios ao longo do tempo, mesmo se sua renda diminuir. Elas devem descobrir com que frequência e quanto as parcelas aumentam e quantos dias terão que ser pagos do próprio bolso antes de o seguro valer (período de carência).

Momento: é melhor comprar o seguro de cuidados de longo prazo agora ou depois?

As pessoas mais jovens podem comprar o seguro de cuidados de longo prazo mais barato. Por outro lado, quanto mais jovem se começa a pagar pelo seguro, mais tempo terá que pagar antes de ser necessário usá-lo. No entanto, se a pessoa espera muito, ela pode desenvolver disfunções que tornam o seguro de cuidados de longo prazo difíceis ou impossíveis de se obter.

Cobertura: as pessoas que decidiram comprar um seguro de cuidados de longo prazo têm que decidir quantos anos de cobertura eles querem (o período do benefício). A permanência média em uma casa de repouso é dois a três anos, por isso a maioria das pessoas escolhe um período ligeiramente maior: quatro a seis anos.

As pessoas também têm que decidir que quantia máxima é necessária para pagar para cada dia de cuidado (o benefício diário). A quantia deve ser próxima do custo médio dos cuidados nas casas de repouso locais.

As políticas variam em muitos detalhes importantes, por isso, devem ser avaliados cuidadosamente. Por exemplo, as pessoas devem decidir o seguinte:

  • Se querem proteção contra inflação

  • Se querem um disparador bem definido para o início dos benefícios — por exemplo, quando não puderem realizar uma atividade diária básica, como banhar-se ou vestir-se.

  • Se os benefícios para cuidados domiciliares são comparáveis com aqueles para os cuidados em casas de repouso.

  • Se a política tiver vantagens fiscais, como dedução dos prêmios dos rendimentos tributáveis como despesas médicas e exclusão de benefícios dos rendimentos tributáveis (chamado planos de tributos qualificados)

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Continuidade de cuidados
Vídeo
Continuidade de cuidados

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS