Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Macrocefalia

Por

Stephen J. Falchek

, MD, Nemours/Alfred I. duPont Hospital for Children

Última revisão/alteração completa abr 2019| Última modificação do conteúdo abr 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

A macrocefalia é o termo técnico para cabeça grande.

  • A macrocefalia pode ser normal ou causada por distúrbios genéticos ou outros.

  • O diagnóstico é feito antes do nascimento por meio de exames de ultrassom de rotina ou após o nascimento ao medir a circunferência da cabeça.

  • Geralmente, os médicos realizam exames de imagem para procurar por anomalias cerebrais e, às vezes, exames de sangue para procurar uma causa.

  • O tratamento para macrocefalia depende da causa e, às vezes, se não for encontrado qualquer problema, nenhum tratamento será necessário.

Bebês com macrocefalia tem uma circunferência da cabeça consideravelmente maior do que a cabeça de outras crianças da mesma idade.

A macrocefalia pode ser classificada como

  • Desproporcional: A cabeça é maior que o proporcional para o tamanho geral da criança.

  • Proporcional: A cabeça parece ser proporcional ao corpo (ou seja, a criança tem um corpo grande e uma cabeça grande).

Muitas pessoas com cabeças grandes ou crânios grandes são saudáveis.

A macrocefalia anômala pode ser causada por um aumento no cérebro (megaloencefalia), água no cérebro (hidrocefalia), crescimento excessivo dos ossos do crânio (hiperostose craniana) ou outros problemas de saúde. Esses problemas de saúde podem ser causados por doenças genéticas ou distúrbios que a criança desenvolveu antes ou após o nascimento.

Diagnóstico

  • Antes do nascimento, ultrassom

  • Após o nascimento, exame físico, incluindo a medição da circunferência da cabeça e, às vezes, exames de imagem e de sangue

Antes do nascimento, o diagnóstico da macrocefalia é feito, às vezes, por um exame de ultrassom pré-natal de rotina realizado no final do segundo trimestre ou início do terceiro trimestre.

Após o nascimento, o médico mede a circunferência da cabeça do bebê (a medida da cabeça ao redor do maior diâmetro) durante exames físicos de rotina. O médico diagnostica a macrocefalia quando a circunferência da cabeça for significativamente maior em comparação à faixa normal para os bebês do mesmo sexo, idade e etnia na região em que o bebê vive. Ao fazer o diagnóstico, o médico também leva em consideração a circunferência da cabeça dos pais e avós do bebê, porque uma cabeça levemente maior pode ser uma característica da família.

Na presença de macrocefalia, normalmente o médico faz uma tomografia computadorizada (TC) ou ressonância magnética (RM) do crânio para procurar por anomalias no cérebro. Os médicos também examinam o recém-nascido e os pais para procurar as possíveis causas da macrocefalia e, depois, fazem testes para a causa da qual suspeitarem. Às vezes, o médico pode solicitar exames de sangue para ajudar a determinar a causa.

Tratamento

  • Depende da causa

O tratamento da macrocefalia depende da causa. Às vezes, nenhum tratamento é necessário. Se a causa for uma anomalia, como hidrocefalia, pode ser necessário um tratamento, incluindo cirurgia.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Amamentação
Vídeo
Amamentação
O seio externo é formado pelo mamilo e pela aréola. A ponta do mamilo contém diversos orifícios...
Modelos 3D
Visualizar tudo
Como a insulina funciona
Modelo 3D
Como a insulina funciona

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS