Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Cuidado inicial do recém-nascido

Por

Deborah M. Consolini

, MD, Sidney Kimmel Medical College of Thomas Jefferson University

Última revisão/alteração completa set 2019| Última modificação do conteúdo set 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

A transição bem-sucedida de um feto, imerso em líquido amniótico e totalmente dependente da placenta em termos de nutrição e oxigênio, para um bebê que chora e respira ar é uma fonte de deslumbre. Recém-nascidos saudáveis (com idade do nascimento até um mês) e bebês (de um mês a um ano de idade) necessitam de uma série de cuidados para assegurar seu desenvolvimento normal e uma boa saúde que perdure.

Logo após o nascimento normal do bebê, o médico ou a enfermeira gentilmente aspira muco e outras substâncias da boca, do nariz e da garganta com um bulbo de aspiração. O recém-nascido consegue então respirar. Duas pinças são colocadas no cordão umbilical, uma ao lado da outra, e o cordão umbilical é cortado entre as pinças. O recém-nascido é secado e colocado cuidadosamente sobre o abdômen da mãe, com contato da pele dos dois, em um cobertor esterilizado e quente. Nem todos os partos seguem um padrão comum. Por exemplo, algumas mulheres podem precisar ter um parto por cesariana ou apresentar complicações do trabalho de parto e do parto. Em alguns casos, o recém-nascido requer alguns atenção especial pela equipe médica depois do nascimento.

Corte do cordão umbilical

Logo após um bebê nascer, duas pinças são colocadas no cordão umbilical e o cordão é cortado entre as pinças. A pinça no coto do cordão é removida no prazo de 24 horas após o nascimento. O coto deve ser mantido limpo e seco. Os médicos não recomendam mais aplicar álcool ou outras soluções antissépticas ao coto. O coto cai sozinho em uma ou duas semanas.

Corte do cordão umbilical

O médico examina o recém-nascido à procura de qualquer anomalia óbvia ou de sinais de aflição. Um exame físico completo é realizado posteriormente (em geral, no prazo de 24 horas após o nascimento). O estado geral do recém-nascido é registrado no primeiro minuto e no quinto minuto após o nascimento usando-se o índice de Apgar. Um baixo índice de Apgar é sinal de que o recém-nascido está tendo dificuldades e pode precisar de assistência extra com sua respiração ou circulação sanguínea. Assim que o recém-nascido estiver estável, a enfermeira mede a circunferência da cabeça, o peso e o comprimento (consulte também Crescimento físico de bebês e crianças).

Manter o recém-nascido aquecido é essencial. Assim que possível, o recém-nascido é envolto em roupas leves (enfaixado) e a cabeça é recoberta para reduzir a perda de calor corporal. Colocam-se algumas gotas de antibiótico, como eritromicina, tetraciclina ou nitrato de prata ou, em alguns países, iodopovidona nos olhos para evitar infecções provenientes de micro-organismos nocivos, com os quais o recém-nascido possa ter estado em contato durante o parto.

Os pais são incentivados a segurar o recém-nascido imediatamente após um nascimento normal. Alguns especialistas acreditam que o contato físico precoce com o recém-nascido ajuda no estabelecimento de laços. Contudo, os pais podem criar bons laços com seu recém-nascido mesmo quando as primeiras horas não são passadas juntos. Normalmente, a mãe e o recém-nascido se recuperam juntos na sala de parto. Se o parto tiver ocorrido numa maternidade, a mãe, o pai ou parceiro da mãe e o recém-nascido permanecem juntos no mesmo quarto. As mães que vão amamentar colocam o recém-nascido junto ao seio nos primeiros 30 minutos depois do parto. A amamentação estimula a ocitocina, um hormônio que ajuda o útero da mãe a cicatrizar e promove a formação do suprimento de leite. Depois de serem transportados para o berçário, os recém-nascidos são deitados de costas em um pequeno berço e mantidos aquecidos. Como todos os bebês nascem com baixos níveis de vitamina K, um médico ou enfermeiro administra uma injeção de vitamina K para prevenir hemorragias (doença hemorrágica do recém-nascido).

Tabela
icon

Índice de Apgar

Característica

Acrônimo*

Pontuação†

0

1

2

Cor da pele

Appearance (aparência)

Todo azul, pálido

Corpo rosado, mãos e pés azuis

Todo rosado

Frequência cardíaca

Pulse (pulso)

Pulso ausente

Menos de 100 batimentos por minuto

Mais de 100 batimentos por minuto

Resposta reflexa ao estímulo do nariz (ao tocá-lo com o dedo ou um cateter)

Grimace (careta)

Resposta nula ao estímulo

Grimace (careta)

Espirro, tosse

Tônus muscular

Activity (atividade)

Flácido, sem movimento

Os braços e as pernas se dobram um pouco

Movimentos ativos

Respiração

Respiration (respiração)

Respiração ausente

Irregular, lenta

Choro forte

* A palavra “Apgar” é também um acrônimo em inglês. As letras A, P, G, A e R correspondem às letras em negrito nesta coluna.

† O bebê recebe uma pontuação de 0 a 2 para cada uma de cinco características. Uma pontuação total de 7 a 10 aos cinco minutos é considerada normal; 4 a 6, intermediária e 0 a 3, baixa.

Cerca de seis horas ou mais após o nascimento, dá-se banho nos recém-nascidos. O enfermeiro tenta não remover a substância sebácea esbranquiçada (vérnix caseoso) que reveste a maior parte da pele do recém-nascido, visto que esse material ajuda a proteger contra infecções.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Administração de insulina
Vídeo
Administração de insulina
O diabetes é um quadro clínico que se desenvolve devido a concentrações elevadas de glicose...
Modelos 3D
Visualizar tudo
O resfriado comum
Modelo 3D
O resfriado comum

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS