Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Detecção e cálculo do tempo da gestação

Por

Raul Artal-Mittelmark

, MD, Saint Louis University School of Medicine

Última revisão/alteração completa ago 2019| Última modificação do conteúdo ago 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
Fatos rápidos
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

A gestação tem início quando um óvulo é fecundado por um espermatozoide. Durante nove meses, o corpo de uma gestante oferece um ambiente protetor e nutritivo no qual o óvulo fertilizado se transforma em feto. A gestação termina com o parto, quando nasce uma criança.

Quando a menstruação atrasa uma semana ou mais em uma mulher que normalmente tem menstruações regulares, existe a possibilidade de ela estar grávida. Às vezes, a mulher consegue adivinhar que está grávida, porque está apresentando os sintomas característicos. Eles incluem os seguintes:

  • Seios aumentados e sensíveis

  • Náusea com vômitos ocasionais

  • Necessidade de urinar frequentemente

  • Fadiga incomum

  • Alterações de apetite

Exames de gravidez caseiros

Quando a menstruação atrasa, a mulher talvez opte por fazer um exame de gravidez em casa para descobrir se está grávida ou não. Os exames de gravidez caseiros detectam a gonadotrofina coriônica humana (hCG) presente na urina. A gonadotrofina coriônica humana é um hormônio produzido pela placenta no início da gestação.

Os resultados dos exames de gravidez caseiros são exatos em aproximadamente 97% dos casos. Quando o resultado é negativo, mas a mulher ainda suspeita que está grávida, deve repetir o exame de gravidez em casa alguns dias mais tarde. É possível que o primeiro exame tenha sido realizado com muita antecedência (antes da época em que a menstruação seguinte deveria começar). Se o resultado for positivo, a mulher deve consultar um médico, que talvez realize outro exame de gravidez para confirmar o resultado.

Você sabia que...

  • Os resultados dos exames de gravidez caseiros são exatos em aproximadamente 97% dos casos.

Exames de gravidez no laboratório

O médico examina uma amostra de urina ou às vezes de sangue da mulher para determinar se ela está grávida. Esses exames têm uma exatidão superior a 99%.

Um deles, denominado ensaio imunoabsorvente ligado à enzima (ELISA), consegue detectar de forma rápida e fácil até mesmo um nível baixo de gonadotrofina coriônica humana na urina. Alguns exames permitem detectar níveis extremamente baixos desse hormônio alguns dias após a fertilização (mesmo antes do atraso da próxima menstruação ocorrer). É possível que o resultado esteja disponível no prazo de aproximadamente meia hora.

Durante os primeiros 60 dias de uma gestação normal de um único feto, o nível de gonadotrofina coriônica humana no sangue duplica aproximadamente a cada dois dias. Esses níveis podem ser medidos durante a gestação para determinar se ela está evoluindo bem.

Data prevista do parto

O tempo de gestação normalmente é calculado em semanas, a partir do primeiro dia da última menstruação.

Depois de confirmada a gravidez, o médico procura saber da mulher quando foi a última menstruação. O médico calcula a data aproximada do parto subtraindo três meses-calendário a partir do primeiro dia da última menstruação e adicionando um ano e sete dias. Por exemplo, se a última menstruação tiver sido em 1º de janeiro, o médico conta três meses a menos, 1º de outubro, então adiciona um ano e sete dias. A data do parto calculada é 08 de outubro do ano seguinte. Apenas 10% ou menos das gestantes dão à luz na data prevista, mas 50% dão à luz dentro de uma semana e quase 90% dentro de duas semanas (antes ou depois da data prevista). A ocorrência do parto entre duas semanas antes e duas semanas depois da data calculada é algo considerado normal.

Os ovários costumam liberar um óvulo (um processo denominado ovulação) aproximadamente duas semanas depois que a menstruação começa, e a fecundação em geral ocorre logo após a ovulação. Portanto, o embrião é aproximadamente duas semanas mais novo do que o número de semanas tradicionalmente atribuído à gestação. Em outras palavras, uma mulher com quatro semanas de gestação tem um embrião de duas semanas. Quando o ciclo menstrual for irregular, essa diferença pode ser maior ou menor do que duas semanas.

A gestação dura em média 266 dias (38 semanas) a contar da data de fecundação (concepção) ou 280 dias (40 semanas) a contar do primeiro dia da última menstruação se a mulher tiver ciclos menstruais regulares de 28 dias. A gestação se divide em três períodos trimestrais, tendo como base a data da última menstruação:

  • Primeiro trimestre: 0 a 12 semanas de gestação

  • Segundo trimestre: 13 a 24 semanas de gestação

  • Terceiro trimestre: 25 semanas de gestação até o parto

A maneira mais exata de determinar a data do parto é por meio de ultrassonografia, sobretudo se ela for realizada durante as primeiras 12 semanas.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Visão geral do sistema reprodutor feminino
Vídeo
Visão geral do sistema reprodutor feminino
Modelos 3D
Visualizar tudo
Conteúdo da pelve feminina
Modelo 3D
Conteúdo da pelve feminina

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS