Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link
Exames eletrodiagnósticos
Exames eletrodiagnósticos
Exames eletrodiagnósticos

Os exames eletrodiagnósticos avaliam os sintomas musculares que podem resultar de lesão ou doença nos nervos ou músculos do corpo. Os sintomas podem incluir dor muscular, fraqueza ou dormência. Existem dois tipos de testes eletrodiagnósticos que são comumente usados: eletromiografia, ou EMG, e estudos de condução nervosa. Estes testes analisam a atividade elétrica se propagando nos nervos e músculos. EMG testa a atividade muscular; envolve a inserção de uma agulha pela pele e no músculo. A agulha registra a atividade elétrica no músculo conforme o paciente relaxa e contrai o músculo. Quando um músculo normal está em repouso, não há atividade elétrica; quando o músculo se contrai, a atividade elétrica é registrada. Os estudos de condução nervosa são geralmente realizados juntamente com a EMG e registram como os nervos estão funcionando. Durante este procedimento, eletrodos são fixados na superfície da pele ao longo do trajeto do nervo. Os sinais elétricos são então enviados ao longo do trajeto. Os sensores registram a atividade elétrica e medem a velocidade com que o impulso percorre o trajeto do nervo. Os resultados são exibidos em um monitor de computador e são avaliados. Ambos os testes são ferramentas importantes na avaliação de lesões nos nervos ou nas raízes nervosas bem como de doenças dos nervos e músculos.