honeypot link

Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Remoção da próstata
Remoção da próstata
Remoção da próstata

A próstata é parte do sistema reprodutor masculino. Ela é uma glândula pequena e arredondada, localizada em frente ao reto, na base da bexiga. Sua função principal é liberar líquido na uretra durante a ejaculação. Durante a ejaculação, o esperma sai do testículo e passa por tubos chamados canais deferentes. O canal deferente passa por trás da bexiga e entra na glândula prostática. Durante o seu percurso, o esperma se combina com o líquido seminal, outro componente do ejaculado, que se origina de três fontes: as vesículas seminais, a próstata e as glândulas bulbouretrais. Os fluidos combinados, chamado sêmen ou ejaculado, então percorrem toda a uretra e saem do corpo pelo pênis. Caso haja o desenvolvimento de câncer de próstata e este não for detectado precocemente, poderá ser necessário remover a próstata. Existem várias abordagens cirúrgicas para remoção da próstata. Examinando dentro da pelve, a anatomia ao redor da próstata consiste em muitas estruturas delicadas, incluindo músculos e nervos, que afetam tanto a micção quanto a ereção. Durante a remoção da próstata cancerosa, o cirurgião deve utilizar instrumentos precisos para poupar essas estruturas importantes. A uretra, ou canal de urina, é cuidadosamente cortada na base da bexiga. O controle e a precisão adicionada dos instrumentos também podem auxiliar o cirurgião na preservação de feixes nervosos responsáveis pela ereção. Após soltar a próstata completamente, ela é removida através de uma pequena incisão. Um cateter é inserido para drenar a bexiga após a cirurgia. A bexiga é, então, religada ao canal da urina sobre o cateter. Este cateter é deixado no lugar por um curto período, para garantir uma cicatrização adequada.

Nesses tópicos
Câncer de próstata