honeypot link

Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Derrame pleural
Derrame pleural
Derrame pleural

Dentro da caixa torácica, os pulmões estão envoltos por uma membrana úmida de duas camadas, chamada pleura. Normalmente, há uma pequena quantidade de líquido que lubrifica as superfícies das membranas pleurais. Um derrame pleural é o acúmulo anormal de líquido entre as membranas. Há dois tipos de derrame que podem se desenvolver. Derrames transudativos são causados por uma doença de base ou doença que comprometa as pressões normais nos pulmões, comprometendo a capacidade dos vasos sanguíneos no tórax de remover o excesso de líquido dentro do espaço pleural. Tipos de doenças que podem causar derrames transudativos incluem insuficiência cardíaca congestiva, cirrose e atelectasia. Ela também está associada a alguns procedimentos médicos, como diálise peritoneal. Os derrames exsudativos são causados por doenças pulmonares, resultando em inflamação da pleura causada por uma infecção ou doença. Exsudatos ocorrem quando a pleura fica inflamada e o líquido não consegue passar pelas membranas. Tipos de doenças que podem causar derrames exsudativos incluem câncer, linfoma, embolia pulmonar, tuberculose, doenças relacionadas ao amianto e trauma. Os sintomas de um derrame pleural podem incluir falta de ar, dor no peito e tosse. O médico auscultará o tórax com um estetoscópio para sinais de diminuição dos sons respiratórios ou para o ruído de atrito pleural, o som de atrito entre as pleuras durante a respiração.

Nesses tópicos
Derrame pleural