Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Algumas causas físicas e características da constipação em bebês e crianças

Algumas causas físicas e características da constipação em bebês e crianças

Causa

Características comuns*

Exames

Defeitos congênitos do ânus

Posição anormal do ânus

A abertura do ânus parece estar mais próxima dos genitais do que o normal

Medições são feitas para determinar a localização exata da abertura do ânus

Estenose anal (ânus estreitado)

Atraso na primeira EV (chamada mecônio) durante as primeiras 24 a 48 horas de vida

EVs explosivas e dolorosas

Um abdômen inchado

Ânus com aparência ou posição anormal

Exame médico

Bloqueio da abertura do ânus (malformações anorretais)

Um abdômen inchado

Nenhuma EV

Bloqueio do ânus detectado durante um exame médico

Exame médico realizado logo após o nascimento

Problemas da medula espinhal

Meningomielocele (a forma mais grave de espinha bífida)

Uma área avermelhada nas costas onde a medula espinhal se projeta, vista no nascimento

Redução dos reflexos das pernas ou do tônus muscular

Ausência do reflexo normal do ânus (estreitamento quando tocado levemente, o chamado reflexo anal)

Radiografias simples da região lombar da coluna vertebral

RM da coluna vertebral

Espinha bífida oculta (formação incompleta dos ossos da coluna vertebral)

Tufo de cabelo ou depressão da pele acima do defeito, vista no nascimento

RM da coluna vertebral

Medula espinhal presa (durante o desenvolvimento do feto a medula espinhal fica presa na parte inferior da coluna vertebral e não pode se mover para a sua posição normal)

Problemas para andar, dor ou fraqueza nas pernas e dor nas costas

Incontinência urinária

RM da coluna vertebral

Tumor próximo ao cóccix (teratoma sacral) ou outro tumor da medula espinhal

Dor nas costas, problemas para andar e dor ou fraqueza nas pernas

Incontinência urinária

RM da coluna vertebral

Infecção da coluna vertebral ou da medula espinhal

Dor nas costas, problemas para andar e dor ou fraqueza nas pernas

Febre

Incontinência urinária

RM da coluna vertebral

Distúrbios metabólicos ou eletrolíticos

Diabetes insípido (devido a problemas com o hormônio antidiurético, que ajuda a regular a quantidade de água no corpo)

Sede excessiva e choro excessivo aquietado dando-se água à criança

Micção excessiva ou urina diluída

Perda de peso e vômito

Exames de sangue e de urina para medir a diluição da urina e do sangue (osmolalidade)

Exames de sangue para medir as concentrações do hormônio antidiurético

Hipercalcemia (uma concentração de cálcio excepcionalmente elevada no sangue)

Náusea e vômitos, perda de apetite, perda de apetite, fraqueza muscular e dores abdominais

Sede e micção excessivas

Exames de sangue para medir as concentrações de cálcio

Hipocalemia (uma concentração de potássio excepcionalmente baixa no sangue)

Fraqueza muscular

Micção excessiva e desidratação

Crescimento menor que o esperado (insucesso de desenvolvimento)

Possivelmente uso de diuréticos ou certos antibióticos

Exames de sangue para medir as concentrações dos eletrólitos

Hipotireoidismo (uma glândula tireoide hipoativa)

Alimentação ruim

Frequência cardíaca baixa

Em recém-nascidos, grandes áreas macias (fontanelas) entre os ossos cranianos e debilidade do tônus muscular

Pele seca, intolerância ao frio, fadiga e icterícia

Exames de sangue para medir as concentrações dos hormônios tireoidianos

Doenças intestinais

Atraso da primeira EV

Baixo ganho de peso ou insucesso de desenvolvimento

Crises frequentes de pneumonia

Teste de suor

Possivelmente exames genéticos para confirmar o diagnóstico

Atraso da primeira EV

Um abdômen inchado

Vômito verde ou amarelo, indicando que ele contém bile

Estreitamento do ânus detectado durante exame médico

Radiografias do trato digestivo inferior após inserção de bário no reto (enema de bário)

Medição da pressão dentro do ânus e do reto (manometria)

Biópsia do reto

Vômitos

Alimentação ruim

Perda de peso, baixo crescimento ou ambos

Sangue nas fezes

Exames de fezes

Sintomas que diminuem quando a fórmula láctea é trocada

Possível endoscopia, colonoscopia ou ambas

Dor abdominal

Distensão

Perda de peso

Fadiga

Exames de sangue

Endoscopia

Dores abdominais crônicas

Diarreia e constipação que vêm e vão

Sensação de esvaziamento incompleto após uma EV

Avaliação dos padrões de EV e cronologia e características da dor

Exclusão de outros distúrbios mediante histórico, exame físico e possivelmente exames de sangue, exames por imagens ou colonoscopia

Pseudo-obstrução (que causa sintomas de bloqueios, mas nenhum bloqueio é detectado)

Náusea e vômito

Dores abdominais e inchaço do abdômen

Radiografia do abdômen

Exame para avaliar o funcionamento dos intestinos (exame da mobilidade intestinal)

Tumor no abdômen

Perda de peso, suores noturnos e febre

Inchaço e dores no abdômen

Massa abdominal detectada durante exame médico

RM

Efeitos colaterais de medicamentos

Uso de medicamentos com efeitos anticolinérgicos (por exemplo, anti‑histamínicos), antidepressivos, quimioterápicos ou opioides

Uso de medicamentos que causam constipação

Exame médico

Toxinas

Redução súbita da capacidade de sugar

Perda do tônus muscular

Às vezes, consumo de mel antes dos 12 meses de idade

Teste da presença da toxina botulínica nas fezes

Em geral, nenhum sintoma

Possivelmente dores abdominais, fadiga e irritabilidade

Regressão do desenvolvimento

Exames de sangue para medir as concentrações de chumbo

*As características incluem sintomas e resultados do exame médico. As características mencionadas são típicas, mas nem sempre estão presentes.

EV = evacuação; RM = ressonância magnética.