Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Enjoo do movimento

(enjoo no mar; cinetose)

Por

Adedamola A. Ogunniyi

, MD, Harbor-UCLA Medical Center

Última revisão/alteração completa ago 2019| Última modificação do conteúdo ago 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
Fatos rápidos
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

O enjoo do movimento (enjoo no automóvel, barco, trem ou avião) implica um conjunto de sintomas, em particular enjoos, causado pelos movimentos ocorridos durante uma viagem.

  • Ao viajar, as pessoas sentem se sentem nauseadas e tontas e podem sofrer suores frios e começar a hiperventilar.

  • O médico baseia o diagnóstico nos sintomas e nas situações nas quais eles ocorrem.

  • As formas para prevenir o enjoo do movimento incluem manter o olhar e a cabeça o mais quietos possível, apanhar ar fresco, não ler e não fumar nem tomar bebidas alcoólicas antes de viajar, e às vezes, tomar um medicamento via oral ou através de adesivo na pele.

  • Comer biscoitos tipo água e sal ou bebericar “ginger ale” (refrigerante à base de gengibre) pode ajudar a aliviar a náusea, mas se a pessoa já começou a vomitar, pode ser necessário um medicamento como ondansetrona ou granisetrona.

O enjoo do movimento ocorre quando as partes do ouvido interno que ajudam a controlar o equilíbrio (incluindo os canais semicirculares) são estimuladas em demasia, o que pode ocorrer quando o movimento é excessivo. Também pode ocorrer quando o cérebro recebe informações contraditórias de seus sensores de movimento – os olhos, os canais semicirculares e os sensores dos músculos (terminações nervosas nos músculos e articulações que fornecem informações sobre a posição do corpo). Por exemplo, o enjoo do movimento ocorre normalmente durante viagens de barco, quando o barco oscila enquanto a pessoa olha para algo que não se move, como uma parede. Neste caso, a oscilação não corresponde à falta de movimento na parede.

O cérebro também pode receber informações contraditórias se uma pessoa vir algo movendo excessivamente apesar de a pessoa estar parada. Este tipo de informações contraditórias pode ser recebido quando, por exemplo, uma pessoa vê um filme feito com uma câmera que agita ou joga um jogo de vídeo. O enjoo do movimento também pode ocorrer em um automóvel ou outro veículo em movimento, ou em um brinquedo de um parque de diversões. Os viajantes do espaço também podem ser afetados.

Fatores de risco

Algumas pessoas são mais sensíveis do que outras. O enjoo do movimento é mais comum entre mulheres e crianças com idades entre os dois e os doze anos, bem como em pessoas suscetíveis à enxaqueca, que têm labirintite (um distúrbio que afeta o ouvido interno) ou que estão grávidas ou usam contraceptivos hormonais. O medo, a ansiedade e uma má ventilação aumentam as probabilidades de ocorrer enjoo do movimento. Fatores genéticos também podem aumentar a suscetibilidade ao enjoo do movimento.

Sintomas

Os sintomas podem começar de forma repentina. Sintomas típicos são náusea, vômitos e uma vaga sensação de desconforto abdominal. Além disso, o rosto pode ficar pálido e a pessoa pode começar a suar frio. Tontura, dor de cabeça e fadiga podem ocorrer, e a pessoa pode se sentir sonolenta ou incapaz de se concentrar. Outros sintomas (normalmente precedendo o vômito) podem incluir o aumento da produção de saliva, deglutição excessiva de ar (aerofagia) e uma respiração anormalmente rápida e profunda (hiperventilação). A hiperventilação pode causar desfalecimento.

A náusea e os vômitos podem fazer a pessoa sentir-se fraca. Os vômitos prolongados podem ter, como consequência, uma queda da pressão arterial e desidratação. No entanto, os sintomas tendem a desaparecer aos poucos quando o movimento é interrompido ou quando a pessoa sai do veículo. As pessoas que fazem viagens prolongadas (por exemplo, as que viajam de barco) vão-se adaptando, a pouco e pouco, ao movimento (com a ajuda de estabilizadores, utilizados nos barcos, para minimizar o movimento) e se recuperam aos poucos.

Diagnóstico

  • Avaliação de um médico

O enjoo do movimento é diagnosticado com base na descrição dos sintomas e das circunstâncias em que aparecem.

Prevenção e tratamento

  • Medidas de prevenção e tratamento sem uso de medicamentos

  • Medicamentos preventivos (como escopolamina e anti-histamínicos)

  • Medicamentos antieméticos (como ondansetrona ou granisetrona)

As medidas para reduzir a percepção de movimento da pessoa incluem as seguintes:

  • Manter os olhos fixados em um objeto distante (por exemplo, observar o horizonte quando estiver em um barco)

  • Escolher um assento onde se sinta menos o movimento (como o assento dianteiro de um automóvel, um assento à altura das asas de um avião ou na coberta ou cabine dianteira/central de um navio)

  • Manter a cabeça e o corpo tão quietos quanto possível.

  • Sentar-se numa posição inclinada e olhar sempre em frente

  • Não ler

  • Dormir

As medidas para reduzir a suscetibilidade da pessoa ao enjoo do movimento incluem as seguintes:

  • Respirar ar fresco através de uma janela aberta ou de um ventilador; num barco, ir para o convés

  • Não tomar bebidas alcoólicas (pode agravar o enjoo)

  • Comer pequenas quantidades de alimentos à base de farinhas, pobres em gorduras e não consumir alimentos de odores ou sabores fortes

  • Evitar ingerir alimentos e bebidas nas viagens curtas de avião, sobretudo em aviões pequenos

  • Se possível, não fumar

Antes de viajar, as pessoas com tendência para enjoo do movimento podem pedir ao médico que lhes recomende um medicamento de venda livre ou prescreva algo para ajudar a prevenir o problema. As pessoas devem tomar esses medicamentos antes de o enjoo do movimento começar, pois essas medidas tendem a ser menos eficazes depois que os sintomas começarem. Os medicamentos incluem escopolamina (como um adesivo ou comprimidos), ciclizina, dimenidrinato, difenidramina, meclizina e prometazina (às vezes combinado com cafeína). Todos esses medicamentos podem causar sonolência. Como podem provocar agitação em lactentes e em crianças muito jovens, esses medicamentos não devem ser administrados, exceto sob vigilância médica. As pessoas que estiverem realizando atividades que exijam estado de alerta ou concentração (inclusive dirigir) não devem tomar esses medicamentos. Esses medicamentos também não devem ser tomados juntamente com álcool, soníferos, sedativos ou outros medicamentos que possam causar sonolência e diminuir o estado de alerta.

Se ocorrer o enjoo do movimento, limitar os alimentos e a bebida a alimentos leves (como bolachas de água e sal) e bebidas gaseificadas (tais como cerveja de gengibre) pode ajudar a impedir que os sintomas piorem. Se ocorrer vômito, um medicamento antiemético, como ondansetrona ou granisetrona, pode ser administrado, por vezes por injeção ou como um adesivo para pele.

A adaptação pode ser uma estratégia particularmente útil para tratar o enjoo do movimento. Quanto mais uma pessoa for exposta ao estímulo que causa enjoo do movimento, menor a probabilidade de o estímulo causar uma resposta. Contudo, a reação é específica para o estímulo; portanto, uma pessoa que se habitue ao movimento de um barco grande pode, ainda assim, sofrer enjoo do movimento em um barco pequeno.

Algumas pessoas tentam terapias alternativas, como usar pulseiras que aplicam acupressão ou estimulação elétrica, ou tomar gengibre, para prevenir ou tratar o enjoo do movimento. Essas terapias não são comprovadas, mas algumas pessoas se beneficiam delas.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Ligamento cruzado anterior
Vídeo
Ligamento cruzado anterior
O ligamento cruzado anterior, ou LCA, está localizado no centro do joelho, junto do ligamento...
Modelos 3D
Visualizar tudo
Ossos do quadril
Modelo 3D
Ossos do quadril

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS