Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Gripe H1N1 pandêmica (gripe suína)

Por

Brenda L. Tesini

, MD, University of Rochester School of Medicine and Dentistry

Última revisão/alteração completa abr 2020| Última modificação do conteúdo abr 2020
Clique aqui para a versão para profissionais
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

A gripe H1N1(pH1N1) pandêmica, comumente — mas incorretamente — chamada de gripe suína, é uma infecção gripal causada por uma cepa relativamente nova do vírus da gripe A.

(Consulte também Gripe.)

Em 2009, houve uma epidemia de uma nova cepa do vírus da gripe que se disseminou de tal forma que foi considerada uma pandemia (uma grande epidemia mundial). Essa cepa foi um vírus da gripe H1N1 (veja tipos e cepas da gripe) que tinha uma combinação de genes dos vírus da gripe de porcos (suínos), pássaros e da gripe humana. Como os primeiros relatos focaram no componente suíno, a gripe foi designada publicamente como “gripe suína”, embora não tenha sido adquirida diretamente de porcos. As pessoas adquiriram essa infecção pelo vírus da gripe de outras pessoas infectadas (transmissão de pessoa para pessoa), como a gripe comum.

Ao contrário da gripe comum, a gripe pH1N1 tem mais probabilidade de ocorrer e causar morte em adultos jovens e de meia-idade do que em pessoas idosas. Isso ocorre porque a cepa pH1N1 era muito diferente de quaisquer das cepas recentes de gripe.

Porcos podem ser infectados por algumas cepas do vírus da gripe, que passa a ser mais corretamente chamada de “gripe suína”. A maioria das cepas de vírus da gripe suína é levemente diferente das que infectam pessoas. Essas cepas muito raramente são transmitidas às pessoas e, quando isso acontece, é raro que sejam transmitidas de pessoa para pessoa. No entanto, uma variante da cepa do vírus da gripe suína, H3N2v, infectou crianças e adultos em vários estados dos EUA. As pessoas infectadas tiveram contato com porcos domésticos aparentemente saudáveis, porém infectados, geralmente em feiras agrícolas. Além disso, em alguns casos, o vírus pode ter se disseminado de pessoa para pessoa.

Sintomas

Os sintomas da gripe H1N1 geralmente são parecidos com os da gripe. Eles incluem febre, tosse, dor de garganta, dores musculares, dor de cabeça, calafrios, corrimento nasal e cansaço. Também são comuns enjoos, vômitos e diarreia.

Na maioria das pessoas, os sintomas parecem se desenvolver de um a quatro dias após a exposição ao vírus e continuam por até uma semana mais. As pessoas podem transmitir a infecção durante aproximadamente oito dias, do dia anterior ao surgimento dos sintomas até os sintomas desaparecerem.

Os sintomas geralmente são leves, mas podem se tornar graves e provocar pneumonia ou insuficiência respiratória. A infecção pode piorar doenças crônicas (como distúrbios cardíacos e pulmonares e diabetes) e, durante a gravidez, pode causar complicações (como aborto espontâneo ou parto prematuro).

Crianças com menos de cinco anos de idade e pessoas com distúrbios renais ou hepáticos ou com um sistema imune enfraquecido devido a medicamentos ou doenças, como a AIDS, têm alto risco de complicações. Complicações graves podem se desenvolver e progredir rapidamente, às vezes até mesmo em pessoas jovens e saudáveis.

Diagnóstico

  • Análise de uma amostra coletada do nariz ou da garganta

Se os sintomas forem leves ou típicos, particularmente quando a gripe pH1N1 estiver disseminada, geralmente não são necessários exames. A gripe PH1N1 geralmente pode ser diagnosticada com base nos sintomas e nos resultados de um exame físico.

Os médicos podem obter amostras de secreções do nariz e da boca para exames. Esses exames podem confirmar a infecção por H1N1.

Prevenção

As pessoas com sintomas semelhantes aos da gripe devem ficar em casa, cobrir a boca e o nariz com um lenço de papel ao espirrar ou tossir, lavar as mãos com frequência e usar um antisséptico de mão à base de álcool.

As pessoas que tiverem tido contato próximo com alguém com gripe pH1N1 podem receber medicamentos antivirais.

As atuais vacinas contra a gripe são eficazes contra o vírus da gripe pH1N1.

Tratamento

  • Repouso e bastante líquido

  • Alívio dos sintomas

  • Às vezes, medicamentos antivirais

As pessoas devem consultar imediatamente um médico se tiverem vômito profuso, falta de ar, dor no peito ou abdominal ou tontura ou confusão repentinas.

As crianças devem ser levadas ao médico imediatamente se tiverem lábios ou pele azulados, se não estiverem bebendo líquido suficiente, estiverem respirando rapidamente ou com dificuldade, estiverem excepcionalmente sonolentas ou irritáveis (inclusive não querendo ser seguradas) ou com febre com erupção cutânea.

Se pessoas com alto risco de complicações graves (inclusive crianças com menos de cinco anos de idade) ou mulheres grávidas apresentarem sintomas, mesmo que leves, elas devem procurar assistência médica.

Além disso, se surgirem febre e tosse intensa após os sintomas gripais desaparecerem em qualquer pessoa, é necessário obter assistência médica.

O tratamento da gripe pH1N1 tem como foco o alívio dos sintomas. Por exemplo, paracetamol (acetaminofeno) pode aliviar a febre e as dores. Obter repouso suficiente e beber bastante líquido pode ajudar.

Os medicamentos antivirais oseltamivir, zanamivir ou baloxavir podem ser úteis se as pessoas estiverem em risco de complicações ou tiverem sintomas graves. Esses medicamentos são mais eficazes quando iniciados dentro de 48 horas após aparecerem os sintomas. Nos Estados Unidos, a maioria das pessoas se recuperou da gripe pH1N1 por completo sem tomar esses medicamentos.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Medicamentos antivirais
Vídeo
Medicamentos antivirais
Os vírus são agentes infecciosos que entram e se replicam em células saudáveis. Para que os...
Modelos 3D
Visualizar tudo
Catapora
Modelo 3D
Catapora

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS