Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Febre Q

Por

William A. Petri, Jr

, MD, PhD, University of Virginia School of Medicine

Última revisão/alteração completa jul 2020| Última modificação do conteúdo jul 2020
Clique aqui para a versão para profissionais
  • Algumas pessoas têm sintomas leves, mas a maioria apresenta sintomas gripais, como febre, dor de cabeça intensa, calafrios, tosse seca, fraqueza extrema e dores musculares.

  • Algumas pessoas desenvolvem febre Q crônica, uma doença grave que pode afetar o coração.

  • Se as pessoas tiverem sido eventualmente expostas a ovelhas, gado bovino ou cabras e os médicos suspeitarem de febre Q, eles poderão realizar análises de sangue e examinar uma amostra de tecido infectado para confirmar a infecção.

  • Pessoas com febre Q são tratadas com um antibiótico, geralmente por algumas semanas, mas, se houver desenvolvimento de febre Q crônica, será necessário tratamento por meses ou anos.

A febre Q ocorre mundialmente. As bactérias que causam febre Q vivem principalmente em ovelhas, rebanho de gado e cabras. Os animais infectados (que muitas vezes não exibem sintomas) expelem as bactérias no leite, na urina e nas fezes. As pessoas são infectadas ao inalarem gotículas transportadas pelo ar contendo as bactérias ou ao consumirem leite cru (não pasteurizado) contaminado. Gotículas transportadas pelo ar contendo a bactéria podem percorrer longas distâncias, afetando as pessoas que vivem a favor do vento de uma fazenda de cabras ou ovelhas infectadas. Muito raramente, a doença é transmitida de pessoa a pessoa.

Pessoas com risco de desenvolverem febre Q incluem:

  • Veterinários

  • Trabalhadores de fábricas de processamento de carne

  • Trabalhadores de abatedouros e laticínios

  • Criadores de gado

  • Pesquisadores em laboratórios onde são mantidas ovelhas

  • Pessoas que vivem no raio de vários quilômetros a sotavento (ou seja, na direção do vento) de uma fazenda com animais infectados.

As bactérias que causam febre Q sobrevivem por meses na poeira e nas fezes. Mesmo uma única bactéria pode causar infecção. Devido a essas características, essas bactérias são consideradas um potencial agente de guerra biológica Armas biológicas A guerra biológica é o uso de agentes microbiológicos como armas. Essa utilização é contrária às leis internacionais e, na verdade, raramente ocorreu durante guerras formais na história moderna... leia mais .

Sintomas de febre Q

Cerca de 9 a 28 dias após a bactéria entrar no corpo, os sintomas começam de repente. Algumas pessoas não apresentam sintomas ou apenas sintomas leves. Outras pessoas apresentam sintomas semelhantes aos da gripe.

Os sintomas da febre Q incluem febre, uma dor de cabeça intensa, calafrios, fraqueza extrema, dores musculares, perda de apetite e sudorese, mas não há erupção cutânea. Muitas vezes os pulmões são afetados, causando tosse seca (sem expectoração), dor no peito e falta de ar (causada por pneumonia Considerações gerais sobre pneumonia A pneumonia é uma infecção dos pequenos sacos de ar (alvéolos) do pulmão e tecidos circundantes. A pneumonia é uma das causas mais comuns de morte no mundo. Frequentemente, a pneumonia é a doença... leia mais Considerações gerais sobre pneumonia ). Os sintomas podem ser mais graves em pessoas idosas e em pessoas que ficaram enfraquecidas (debilitadas) por um distúrbio.

Mulheres que forem infectadas durante a gravidez têm maior risco de aborto ou parto prematuro.

A febre Q crônica é uma doença grave que ocorre em menos de 5% das pessoas infectadas. O risco é maior para:

  • Gestantes

  • Pessoas cujos sistema imunológico tenha sido enfraquecido por um distúrbio ou por medicamentos

  • Pessoas que tenham uma valvulopatia cardíaca

A febre Q crônica frequentemente envolve o revestimento do coração e das válvulas do coração (chamada de endocardite Endocardite infecciosa A endocardite infecciosa é uma infecção do revestimento interno do coração (endocárdio) que geralmente também afeta as válvulas cardíacas. A endocardite infecciosa ocorre quando uma bactéria... leia mais Endocardite infecciosa por febre Q). Ela, às vezes, envolve os ossos, articulações artificiais (próteses) e o fígado.

Sem tratamento, somente 1% das pessoas com febre Q morre, mas a morte é mais provável se o coração for afetado.

Diagnóstico de febre Q

  • Biópsia e análises do tecido infectado

  • Exames de sangue

  • Ocasionalmente, radiografia torácica

Os sintomas de febre Q lembram os de outros distúrbios e, portanto, não ajudam os médicos a fazer o diagnóstico. Se os médicos suspeitarem de febre Q, eles perguntam se as pessoas estiveram em uma fazenda ou próximas a ela, pois a bactéria que causa febre Q vive principalmente em rebanho de gado, ovelhas e cabras.

Para confirmar o diagnóstico, os médicos podem realizar um ensaio de imunofluorescência As infecções por riquétsias e relacionadas (tais como anaplasmose, ehrlichiose e febre Q) são causadas por um tipo incomum de bactérias que conseguem viver somente dentro de células de outro... leia mais para verificar a presença de anticorpos em amostras de sangue. No entanto, a realização do teste uma vez não é o suficiente. O teste deve ser repetido de três a seis semanas mais tarde para verificar a existência de um aumento do nível de anticorpos. Além disso, os médicos utilizam a técnica da reação em cadeia da polimerase (PCR) As infecções por riquétsias e relacionadas (tais como anaplasmose, ehrlichiose e febre Q) são causadas por um tipo incomum de bactérias que conseguem viver somente dentro de células de outro... leia mais para possibilitar detectar as bactérias mais rapidamente. Assim, os testes de anticorpos geralmente não ajudam a diagnosticar a infecção imediatamente após alguém ficar doente, mas podem ajudar a confirmar o diagnóstico posteriormente.

Os médicos podem fazer biópsias de tecido infectado se houver um local de infecção evidente.

Se as pessoas tiverem tosse ou outros sintomas respiratórios, eles tiram uma radiografia do tórax.

Prevenção de febre Q

As medidas para prevenir a febre Q envolvem principalmente a utilização de higienização e testes adequados (para detecção das bactérias) em instalações onde se mantêm ovelhas, reganho de gado e cabras. Consumir apenas leite e derivados de leite pasteurizados também pode ajudar.

Na Austrália, há uma vacina disponível e ela tem sido usada para prevenir a infecção em pessoas sujeitas à exposição (como funcionários de abatedouros e laticínios, criadores de gado e funcionários de laboratórios). Esta vacina não está disponível nos Estados Unidos.

Antes de aplicar a vacina nas pessoas, os médicos fazem análises de sangue e testes na pele para determinar se as pessoas já têm imunidade à febre Q. Se as pessoas já tiverem imunidade, vaciná-las pode provocar reações graves próximas ao local da injeção.

Tratamento de febre Q

  • Antibióticos

A infecção inicial é tratada com o antibiótico doxiciclina, tomada por via oral. As pessoas tomam o antibiótico até melhorarem e não terem febre por cerca de 5 dias, mas precisam tomá-lo durante pelo menos 7 dias. Normalmente, é necessário fazer 2 a 3 semanas de tratamento.

Endocardite por febre Q

Se o coração for afetado, o tratamento será administrado por meses a anos. Normalmente, o tratamento é administrado durante pelo menos dezoito meses, mas algumas pessoas precisam ser tratadas por toda a vida. As pessoas geralmente recebem doxiciclina mais hidroxicloroquina. Ambos são tomados por via oral. Para determinar quando o tratamento pode ser interrompido, os médicos examinam periodicamente a pessoa e fazem análises de sangue.

No entanto, frequentemente o tratamento com antibióticos tem apenas eficácia parcial e muitas vezes é necessário cirurgia para substituir as válvulas cardíacas danificadas (veja a figura Substituindo uma válvula cardíaca Substituindo uma válvula cardíaca As válvulas cardíacas regulam o fluxo sanguíneo através das quatro câmaras do coração – duas câmaras circulares pequenas superiores (átrios) e duas câmaras maiores em formato de cone inferiores... leia mais Substituindo uma válvula cardíaca ).

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Teste os seus conhecimentos

Amebíase
Quando os sintomas da amebíase se apresentam, eles podem incluir cada um dos seguintes, EXCETO:
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS