honeypot link

Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Metronidazol e tinidazol

Por

Brian J. Werth

, PharmD, University of Washington School of Pharmacy

Última revisão/alteração completa jul 2020| Última modificação do conteúdo jul 2020
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

O metronidazol é um antibiótico usado para tratar infecções pélvicas, abdominais, de tecido mole, gengivais e dentárias, além de abscessos pulmonares ou cerebrais. Ele também é o fármaco preferencial para certas infecções por protozoários, como a amebíase, a infecção intestinal giardíase, a infecção vaginal vaginite por Trichomonas e a infecção bacteriana vaginose bacteriana. Tinidazol é um antibiótico relacionado, usado principalmente para tratar as mesmas infecções por protozoários, bem como vaginose bacteriana.

O metronidazol age interrompendo a produção de material genético pelas bactérias. Consequentemente, as bactérias morrem. O tinidazol funciona de modo semelhante.

O metronidazol é geralmente tomado por via oral, mas pode ser administrado por via intravenosa. O tinidazol é tomado por via oral.

O metronidazol e o tinidazol podem interferir no metabolismo do álcool e podem causar efeitos colaterais desagradáveis semelhantes aos de uma ressaca, incluindo náusea, vômito, rubor e dor de cabeça. Deve-se evitar consumir álcool durante o uso de metronidazol ou tinidazol e por três dias após a última dose.

Tabela
icon

Metronidazole and Tinidazole

Usos comuns

Alguns efeitos colaterais

Para metronidazol e tinidazol: infecções causadas por certos protozoários, como Trichomonas vaginalis, Entamoeba histolytica e Giardia lamblia, e para vaginose bacteriana

Para metronidazol: infecções bacterianas pélvicas e abdominais

Náusea, vômito*

Dor de cabeça*

Rubor*

Gosto metálico

Dormência e formigamento nas mãos e pés (neuropatia periférica)

Urina escura

* Esses efeitos colaterais ocorrem sobretudo se os medicamentos forem tomados com álcool.

Uso de metronidazol e tinidazol durante a gravidez e a amamentação

O metronidazol e o tinidazol não devem ser tomados durante o primeiro trimestre de gravidez devido à possibilidade de defeitos congênitos (consulte também Uso de medicamentos durante a gravidez).

Mulheres que estiverem amamentando não devem tomar metronidazol ou tinidazol (consulte também Utilização de medicamentos durante a amamentação).

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS