Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link
Fatos rápidos

Transtorno do déficit de atenção com hiperatividade

Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha os detalhes completos

O que é o transtorno do déficit de atenção com hiperatividade?

O transtorno do déficit de atenção com hiperatividade (TDAH) é um distúrbio cerebral que faz com que a pessoa tenha dificuldade em se concentrar, prestar atenção e ficar parada. Ele costuma causar problemas na escola e em casa.

Os sintomas do TDAH podem ser leves ou graves. Alguns locais (por exemplo, a escola) podem piorar os sintomas, mas eles ocorrem em, pelo menos, dois lugares.

O que causa o TDAH?

Os médicos não sabem ao certo porque uma criança desenvolve TDAH. É provavelmente causado por problemas no desenvolvimento do cérebro da criança antes do nascimento. Menos frequentemente, problemas após o nascimento causam TDAH.

É importante saber que o TDAH é um problema no cérebro e não apenas um problema de comportamento.

A criança tem uma probabilidade maior de ter TDAH se ela:

  • Tiver parentes com TDAH (é um mal de família)

  • Pesava menos de 1.300 gramas no nascimento

  • Tiver sofrido um traumatismo craniano ou infecção cerebral

  • Foi exposta a chumbo, álcool, tabaco ou cocaína antes do nascimento

Quais são os sintomas do TDAH?

TDAH em crianças

Sinais de TDAH em crianças:

  • Dificuldade em prestar atenção

  • Atividade física extrema

  • Muito impulsivas (fazem coisas sem pensar)

Em comparação aos adultos, todas as crianças têm um pouco de dificuldade em prestar atenção e ficar sentadas quietinhas. No entanto, a dificuldade de crianças com TDAH é muito maior do que a de outras crianças. Elas têm tanta dificuldade que é difícil terem um bom rendimento na escola.

Sinais de que a criança está tendo dificuldade em prestar atenção:

  • Não escutar quando alguém fala com ela

  • Não seguir instruções nem concluir tarefas

  • Evitar tarefas que exigem muita concentração

  • Ter dificuldade em organizar as tarefas

  • Distrair-se facilmente

  • Perder ou esquecer coisas

Sinais de hiperatividade:

  • Mover de maneira irrequieta as mãos, os pés ou as pernas

  • Levantar-se da cadeira na escola ou em casa

  • Correr ou subir em coisas mais do que o normal

  • Dificuldade em brincar de maneira calma

  • Falar mais que o normal

Sinais de que a criança está sendo impulsiva:

  • Gritar a resposta antes de a pergunta terminar de ser feita

  • Ter dificuldade em esperar por sua vez

  • Falar quando não é a vez dela ou interromper os outros

A maioria das crianças com TDAH se torna menos hiperativa conforme elas crescem e conseguem lidar melhor com os sintomas. A maioria delas se tornam adultos criativos e produtivos. Contudo, deixar o TDAH sem tratamento pode aumentar o risco de abuso de álcool, abuso de substâncias ou suicídio.

TDAH em adultos

Sinais de TDAH em adultos:

  • Dificuldade de concentração

  • Dificuldade em completar tarefas

  • Inquietação

  • Oscilações do humor

  • Impaciência

  • Dificuldade em se relacionar

De que maneira o médico sabe que a criança tem TDAH?

De que maneira os médicos tratam o TDAH?

Gritar com a criança ou puni-la não ajuda. Os médicos tratam a criança com:

  • Aconselhamento sobre as maneiras de melhorar o comportamento (terapia comportamental)

  • Medicamentos

Os médicos e psicólogos podem sugerir coisas para lhe ajudar e à criança a lidar com o TDAH. Coisas que costumam ajudar incluem:

  • Ter uma rotina estabelecida em casa e na escola

  • Oferecer pequenas recompensas pelo bom comportamento

  • Ser muito consistente em relação ao comportamento esperado

  • Trabalhar com professores para ter tarefas e lições mais curtas na escola

Uma criança com TDAH pode precisar de ajuda especial na escola. A lei federal sobre educação para indivíduos com deficiências (Individuals with Disabilities Education Act, IDEA) nos Estados Unidos exige que as escolas públicas ofereçam educação gratuita e adequada a crianças com TDAH.

Medicamentos para TDAH são medicamentos como Ritalin®. Ritalin® e medicamentos semelhantes, na verdade, estimulam o cérebro. Você pode achar que a criança já está estimulada demais. No entanto, esses medicamentos estimulam as partes do cérebro que ajudam a criança a prestar atenção.

Medicamentos estimulantes podem ter efeitos colaterais como:

  • Não conseguir dormir

  • Perda de apetite (crianças podem comer tão pouco que param de crescer adequadamente)

  • Frequência cardíaca elevada e hipertensão arterial

Para diminuir os efeitos colaterais, o médico pode sugerir que o medicamento não seja tomado nos fins de semana e férias.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Teste os seus conhecimentos
Dor nos membros
Qual das opções seguintes é a causa mais comum de dor no braço, que não está relacionada a lesão ou distensão?
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS