Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link
Fatos rápidos

Úlcera de frio

Por

The Manual's Editorial Staff

Última revisão/alteração completa jan 2021| Última modificação do conteúdo jan 2021
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha os detalhes completos
Recursos do assunto

O que é a úlcera de frio?

A úlcera de frio é uma lesão onde uma parte do corpo congela. O tecido congelado morre e não consegue voltar a viver. O frio também pode danificar os tecidos mesmo sem congelá-los. A isso se dá o nome de lesão tecidual não congelante causada pelo frio Lesões teciduais não congelantes causadas pelo frio Lesões teciduais não congelantes causadas pelo frio são lesões da pele causadas pelo frio. Se a pele fica tão fria a ponto de congelar, isto é chamado de úlcera de frio. Os tipos mais comuns... leia mais Lesões teciduais não congelantes causadas pelo frio .

  • A úlcera de frio pode tornar a pele dormente, branca, inchada, com bolhas ou enegrecida e coriácea

  • Com uma úlcera de frio grave, você pode perder partes dos dedos das mãos, dos pés, nariz ou orelhas

  • Aqueça áreas com ulcerações em água morna

  • Não esfregue áreas com úlceras de frio – isso pode danificar a pele e o tecido

Consulte um médico imediatamente se você achar que tem uma úlcera de frio.

O que causa uma úlcera de frio?

A úlcera de frio acontece quando temperaturas muito baixas congelam a pele. Com uma úlcera de frio grave, o tecido sob a pele congela também.

Qualquer célula que seja congelada morre. As células não voltam à vida após serem descongeladas. O tecido morto pode ser infectado com facilidade.

Células próximas que não estejam congeladas podem ser danificadas pelo frio. Elas podem sobreviver se forem aquecidas rapidamente, mas ainda podem morrer mais tarde. Pode levar um longo tempo para se saber se o tecido irá sobreviver.

Você tem um risco maior de contrair uma úlcera de frio se você estiver ao ar livre em clima frio e se:

  • Você estiver molhado

  • Houver ventos fortes

  • Você estiver tocando algum metal

  • Você tiver má circulação sanguínea (por causa de diabetes, por exemplo)

  • Suas botas ou luvas estiverem muito apertadas

  • Seu rosto, mãos e orelhas não estiverem cobertos

Quais são os sintomas da úlcera de frio?

Áreas com úlceras de frio ficam dormentes e são frias ao toque. Outros sintomas dependem da profundidade da úlcera de frio.

  • Úlcera de frio superficial: Uma placa branca e dormente de pele que irá se soltar depois que a pele se aquecer

  • Úlcera de frio moderada: Bolhas e inchaço

  • Úlcera de frio profunda: Pele enegrecida e coriácea (gangrena)

Quando uma parte com úlcera de frio se aquece levemente, ela não fica mais dormente e dói muito.

A pele que ficou enegrecida e coriácea acaba por cair. Às vezes, todo o dedo ou a orelha cai. Isto pode não acontecer por um longo tempo.

Após a úlcera de frio se curar, aquela parte do corpo, com frequência, fica muito sensível ao frio. Ela pode ficar permanentemente dormente ou dolorida. As unhas das mãos e dos pés podem ter um aspeto diferente.

Como os médicos sabem se eu tenho uma úlcera de frio?

Como os médicos tratam a úlcera de frio?

Quanto mais rápido se aquecer uma parte com úlcera de frio, melhor. Se não for possível ir ao hospital imediatamente:

  • Aqueça o corpo com um cobertor quente

  • Coloque a pele congelada em água morna (cerca de 40 ºC, ou 100 a 104 °F)

  • Vá para um hospital assim que possível

A água morna está na temperatura certa se uma outra pessoa que não tem úlcera de frio puder manter a mão nela confortavelmente. Se a água estiver quente demais vai piorar a lesão.

Se a úlcera de frio está nos pés e você tiver de caminhar para encontrar segurança, é melhor não descongelar primeiro. É pior andar com os pés descongelados do que andar com os pés com úlcera de frio. E será ainda pior se os pés descongelados acabarem se congelando uma segunda vez.

Não faça nenhum dos seguintes:

  • Esfregar a pele

  • Colocar neve ao redor da parte com a úlcera de frio

  • Aquecer a pele em frente ao fogo, nem com uma almofada térmica ou manta elétrica, porque a pele dormente não consegue sentir se está quente demais

Os médicos vão aquecer a úlcera de frio em água morna e também irão:

  • Administrar analgésicos

  • Aplicar creme antibiótico em eventuais bolhas rompidas

  • Manter a pele seca e limpa

  • Às vezes, dar medicamentos para melhorar o fluxo de sangue ou antibióticos para tratar uma infecção

  • Às vezes, fazer cirurgia para remover a pele morta ou amputar uma parte do corpo

Os médicos tentam aguardar o máximo possível antes de fazer uma cirurgia. Esperar permite que eles vejam se o tecido está morto ou apenas gravemente danificado.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

OUTROS TÓPICOS NESTE CAPÍTULO

Obtenha o
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Teste os seus conhecimentos

Transtorno obsessivo-compulsivo
O transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) é caracterizado por obsessões ou compulsões. As obsessões são pensamentos, impulsos ou imagens problemáticos que ocupam a mente excessivamente. As compulsões (rituais) são atos reais ou mentais que as pessoas se sentem compelidas a realizar repetidamente para diminuir a sua ansiedade. Qual das opções seguintes é a faixa etária durante a qual o TOC normalmente aparece pela primeira vez?
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS