Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando
Fatos rápidos

Ventiladores

Por

The Manual's Editorial Staff

Última revisão/alteração completa set 2018| Última modificação do conteúdo set 2018
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha os detalhes completos
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

Ventilação é o mesmo que respiração. É o movimento de ar entrando e saindo dos pulmões. Às vezes, sua respiração precisa ser auxiliada por um ventilador.

O que é um ventilador?

  • Um ventilador é uma máquina que respira por você. O processo é chamado ventilação mecânica

  • Um ventilador usa pressão para empurrar ar para dentro dos pulmões

  • Geralmente, o ar é misturado com oxigênio puro de modo a conter mais oxigênio do que o ar ambiente

  • Os médicos ajustam o ventilador para controlar a frequência com que ele insufla seu pulmão de ar e a quantidade de ar insuflado

  • Um ventilador pode fazer a respiração completa ou apenas auxiliar

Por que alguém precisaria de um ventilador?

Você precisará de um ventilador se:

  • Não estiver conseguindo respirar

  • Sua respiração estiver muito fraca

Pode ser que você não esteja respirando ou tenha uma respiração fraca por vários motivos, incluindo:

Como um ventilador funciona?

Existem duas principais maneiras como ventiladores levam ar para os pulmões:

  • Através de um tubo de plástico colocado na traqueia (chamada ventilação invasiva, porque o tubo “invade” o corpo)

  • Através de uma máscara bem ajustada à face (chamada ventilação não invasiva)

Ventilação invasiva é usada para pessoas que necessitam de mais ajuda com a respiração. Os médicos podem inserir o tubo na traqueia através:

  • Da boca (mais comum)

  • Do nariz

  • Um pequeno corte na frente do pescoço (chamado traqueostomia)

Uma traqueostomia será feita se você precisar ficar no ventilador durante mais do que alguns dias. Um tubo de traqueostomia entra na traqueia por baixo da laringe. Deste modo, o tubo não empurrará as cordas vocais, o que poderia danificá-las.

Ter um tubo no nariz ou garganta é desconfortável; portanto, um medicamento será administrado na veia para lhe manter relaxado e confortável.

Ventilação não invasiva é usada, se você estiver acordado e respirando razoavelmente sozinho, mas precisa de alguma ajuda. Se você estiver inconsciente ou muito fraco, a ventilação não invasiva não funciona. Isso porque sua língua cai para trás na garganta e o ar vindo pela máscara não consegue passar para os pulmões.

Com a ventilação invasiva e não invasiva, os médicos programam o ventilador para que você receba a quantidade certa de oxigênio e o número certo de respirações. O ventilador sabe se você for capaz de respirar um pouco por si e se ajusta para apenas auxiliar sua respiração.

Quais problemas podem acontecer com um ventilador?

Problemas que você pode ter com um ventilador incluem:

  • Um pulmão colapsado (pneumotórax) pela pressão excessiva nos pulmões

  • Infecção pulmonar (pneumonia) porque o tubo na traqueia pode permitir a entrada de germes

  • Sangramento e formação de cicatrizes na traqueia, pois ter um tubo inserido na traqueia por um longo período pode causar irritação

  • Lesão pulmonar, porque respirar uma porcentagem alta de oxigênio por um longo período pode danificar seus pulmões

Você não pode comer enquanto estiver no ventilador. Se estiver conectado a um ventilador por mais do que alguns dias, você precisará ser alimentado através de um tubo no estômago.

Será difícil sair do ventilador?

Você pode ter ouvido falar de pessoas que tiveram dificuldade para sair do ventilador. Existem duas possíveis razões para isso:

  • O problema original não melhorou

  • Os músculos respiratórios ficaram fracos por não serem usados

O ideal é que você só precise usar um ventilador por pouco tempo até seu problema desaparecer. Por exemplo, uma superdosagem acaba sendo resolvida pelo corpo ou tratamentos interrompem uma crise de asma. Contudo, alguns problemas não desaparecem. Por exemplo, uma pessoa com lesão cerebral devido a um AVC ou trauma grave pode nunca melhor o suficiente para sair do ventilador.

Se você ficar conectado a um ventilador por muito tempo, seus músculos respiratórios podem ficar fracos. Nesse caso, os médicos exercitam seus músculos deixando que você respire sem ajuda, um pouco a cada dia. Sua respiração ficará gradualmente mais forte até que não precise mais do ventilador.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Doença pulmonar obstrutiva crônica
Vídeo
Doença pulmonar obstrutiva crônica
Durante a respiração normal, o ar viaja pelo nariz, desce a traqueia e segue para vias aéreas...
Inaladores
Vídeo
Inaladores
Algumas pessoas sentem dificuldade para respirar devido a uma doença que cause constrição...

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS