Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando
Fatos rápidos

Cirurgia de perda de peso (cirurgia bariátrica)

Por

The Manual's Editorial Staff

Última revisão/alteração completa dez 2019| Última modificação do conteúdo dez 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha os detalhes completos
Recursos do assunto

O que é cirurgia de perda de peso?

A cirurgia de perda de peso é uma cirurgia feita no estômago ou intestino (ou ambos) para ajudar a pessoa a perder peso. Ela também é chamada de cirurgia bariátrica.

  • Às vezes, o médico recomenda a cirurgia de perda de peso para pessoas que estão com muito excesso de peso (obesa), principalmente se elas tiverem problemas de saúde relacionados ao peso

  • Há muitos tipos de procedimentos cirúrgicos

  • Após a cirurgia, a pessoa ainda precisará fazer mudanças vitalícias em relação ao que e quanto come

  • A cirurgia de perda de peso pode diminuir problemas de saúde relacionados ao peso, como diabetes

  • A cirurgia para perda de peso pode ser mais eficaz que fazer dieta, mas ela tem um risco maior de causar efeitos colaterais

Para que a pessoa se qualifique para uma cirurgia de perda de peso, ela precisa:

  • Ter tentado outras maneiras de perda de peso

  • Estar fisicamente e mentalmente preparada para fazer a cirurgia

  • Estar preparada para seguir as instruções do médico após a cirurgia sobre o que comer, quanto exercício deve praticar e quando realizar exames de acompanhamento

De que maneira o médico faz a cirurgia de perda de peso?

O estômago é o primeiro local aonde a comida chega após ter sido engolida. O estômago começa a digerir o alimento e depois o transfere para o intestino. O intestino termina o processo de digestão do alimento e então transfere os nutrientes para o organismo. A cirurgia de perda de peso faz com que tanto uma como ambas as coisas a seguir ocorram:

  • Faz com que o estômago fique menor para limitar a quantidade de alimento que a pessoa consegue ingerir

  • Evita passar por uma parte do intestino para que uma quantidade menor de alimento seja absorvida

As cirurgias de perda de peso mais comuns são:

O bypass gástrico é o tipo de cirurgia mais comum. Depois dessa cirurgia, o estômago consegue apenas armazenar uma pequena quantidade de alimento. Os alimentos que deixam o estômago são desviados até a primeira porção do intestino delgado.

O médico recomenda qual tipo de cirurgia de perda de peso é melhor para a pessoa.

Algumas cirurgias de perda de peso podem ser realizadas por laparoscopia. Ao invés de fazer uma incisão grande no abdômen, o médico insere um aparelho de visualização (laparoscópio) e instrumentos cirúrgicos através de pequenas incisões no abdômen. A laparoscopia é, via de regra, mais segura e a pessoa se recupera mais rapidamente que uma cirurgia normal (aberta).

Desvio de parte do trato digestivo

No bypass gástrico, uma parte do estômago é separada do restante, criando uma pequena bolsa. A bolsa é então conectada a uma parte inferior do intestino delgado.

Desvio de parte do trato digestivo

Bandagem do estômago

No caso da bandagem gástrica ajustável, uma banda ajustável é colocada em volta da parte superior do estômago. A banda permite que os médicos ajustem o tamanho da passagem de alimento pelo estômago, conforme necessário.

Bandagem do estômago

O que a pessoa pode comer depois de fazer uma cirurgia de perda de peso?

É possível que a pessoa tenha que esperar aproximadamente quatro semanas antes de comer alimentos sólidos. Durante as duas primeiras semanas, a pessoa consome bebidas de proteína. Durante as duas semanas seguintes, a pessoa pode começar a comer alguns alimentos macios, pastosos ou em forma de purê.

Assim que a pessoa começa a comer alimentos sólidos, o médico possivelmente dará as seguintes recomendações:

  • Comer pedaços pequenos de alimentos

  • Mastigar os alimentos com cuidado

  • Não comer alimentos com alto teor de gordura e açúcar, como comida de restaurantes fast-food, bolos e biscoitos

  • Comer apenas refeições pequenas

  • Não beber líquidos enquanto estiver ingerindo alimentos sólidos

Embora ter um estômago menor faça com que seja mais fácil comer menos, há pessoas que continuam a comer excessivamente. Algumas pessoas bebem muitos frapês ou outras bebidas altamente calóricas. Outras continuam a comer mesmo quando já estão satisfeitas e gradativamente alargam aquele estômago pequeno. Embora já tenha feito a cirurgia, a pessoa continua a ter que cuidar do que come para perder peso e não engordar de novo.

Além disso, uma vez que a pessoa não está mais absorvendo os alimentos normalmente, ela precisa ter cuidado no sentido de ingerir a quantidade suficiente de vitaminas, minerais, proteínas e outros nutrientes importantes.

Pode ser difícil mudar a maneira como a pessoa come. O aconselhamento ou um grupo de apoio pode ajudar.

Quais são os benefícios da cirurgia de perda de peso?

A cirurgia de perda de peso pode ajudar a pessoa a perder mais peso do que conseguiria perder apenas com dieta ou remédios para emagrecer. Além disso, a pessoa geralmente perde muito mais peso com a cirurgia que com dieta.

A perda de peso pode ajudar com problemas de saúde relacionados ao peso, incluindo:

Quão segura é uma cirurgia de perda de peso?

Toda cirurgia tem a chance de causar:

  • Infecções próximas ao local da cirurgia

  • Coágulos sanguíneos nos pulmões

  • Infecção pulmonar (pneumonia)

A cirurgia de perda de peso também tem uma pequena chance de causar:

  • Bloqueio do intestino (afeta duas a quatro pessoas em cada 100)

  • Vazamento a partir de uma das conexões cirúrgicas, que pode causar infecção abdominal (afeta uma a três pessoas em cada 100)

  • Sangramento do estômago ou do intestino ou na região abdominal

  • Cálculos biliares ou problemas na vesícula biliar (afeta aproximadamente 15 pessoas em cada 100)

  • Cálculos renais

  • Deixar de obter a quantidade suficiente de nutrientes dos alimentos

  • Morte (afeta aproximadamente 20 em cada 1.000 pessoas recebendo cirurgia aberta e duas em cada 1.000 pessoas recebendo laparoscopia)

Devido aos riscos, a cirurgia de perda de peso é feita apenas em pessoas com obesidade de alto risco ou que têm muito sobrepeso acompanhado de um problema de saúde relacionado ao peso grave. Converse com o médico sobre os riscos da cirurgia.

Ligue para o médico imediatamente se tiver sinais de infecção ao redor da incisão, como:

  • Vermelhidão

  • Dor forte

  • Inchaço

  • Mau cheiro

  • Exsudação

Ligue para o médico imediatamente se tiver os seguintes sinais de alerta após a cirurgia:

  • Dor abdominal intensa

  • Febre ou calafrios

  • Vômitos

  • Hemorragia

  • Batimentos cardíacos acelerados ou palpitação

  • Diarreia

  • Fezes escuras ou negras e com mau cheiro

  • Falta de ar

  • Sudorese

  • Palidez repentina

  • Dor torácica

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS