Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando
Fatos rápidos

Considerações gerais sobre transtornos de personalidade

Por

The Manual's Editorial Staff

Última revisão/alteração completa out 2018| Última modificação do conteúdo out 2018
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha os detalhes completos
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

O que são transtornos de personalidade?

A personalidade é a maneira única que cada pessoa tem de pensar, entender, reagir e se relacionar com outros. Muitas pessoas parecem ter uma personalidade incomum. Porém, considera-se que essa pessoa tem um transtorno de personalidade apenas se a personalidade:

  • Causar dificuldade significativa no trabalho ou na escola

  • Impede que a pessoa se relacione normalmente com os outros

  • Não é algo que a pessoa consegue mudar ou ajustar, mesmo que ela lhe cause problemas

Geralmente, a pessoa com um transtorno de personalidade pensa que está tudo bem com ela. É possível que ela fique magoada pelas consequências de ter um transtorno de personalidade, como divorciar-se ou perder o emprego. No entanto, ela geralmente pensa que esses problemas são causados por outras pessoas e que a culpa não é dela. Outras pessoas costumam ter dificuldade em lidar com alguém que tem um transtorno de personalidade.

Muitas pessoas com um transtorno de personalidade também têm outros problemas, como:

O que causa os transtornos de personalidade?

Os transtornos de personalidade são causados por ambos os fatores a seguir:

  • Os genes (os traços herdados dos pais)

  • O ambiente (incluindo experiências de vida familiar e social)

Quais são os sintomas de um transtorno de personalidade?

Os sintomas geralmente começam na adolescência. Às vezes, os sintomas melhoram conforme a pessoa envelhece. Algumas pessoas têm problemas por toda a vida.

Existem vários tipos de transtornos de personalidade. Cada um tem sintomas diferentes. Porém, na maioria deles, a pessoa tem problemas de relacionamento; por exemplo:

  • É possível que ela não consiga formar relacionamentos íntimos estáveis

  • É possível que ela aja de um modo que parece ser grosseiro ou frio

  • As pessoas da família e outros frequentemente consideram a pessoa incômoda, confusa ou frustrante

Os problemas de relacionamento podem fazer com que seja difícil que a pessoa:

  • Se case e permaneça casada

  • Crie filhos

  • Mantenha um emprego

Geralmente, a pessoa com transtorno de personalidade não está consciente do papel que ela desempenha para criar seus próprios problemas.

Quais são os tipos de transtornos de personalidade?

Existem dez tipos de transtornos de personalidade que se encaixam em três categorias gerais, dependendo do estilo de personalidade geral da pessoa:

Estranho ou excêntrico

Excessivamente dramático e imprevisível

Ansioso ou temeroso

Alguns transtornos de personalidade começam a causar problemas antes que outros. Alguns são mais comuns em homens ou em mulheres.

Às vezes, é difícil saber com certeza se alguém tem apenas um transtorno de personalidade. Algumas pessoas parecem ter partes de mais de um transtorno de personalidade. Algumas também têm outro problema de saúde mental, como ansiedade ou depressão.

Embora a maioria das pessoas com transtornos de personalidade consigam viver a vida, algumas se envolvem em problemas sérios. A pessoa pode ter problemas com álcool ou drogas, sexo sem proteção ou crime. É possível que ela tente, inclusive, se automutilar ou cometer tentativa de suicídio.

Como o médico sabe que a pessoa tem um transtorno de personalidade?

Geralmente, a pessoa não percebe que ela tem um transtorno de personalidade. Muitas vezes, a pessoa não procura ajuda por si só. Em vez disso, amigos, familiares ou um assistente social pode encaminhá‑la para obter ajudar quando seu comportamento causa problemas.

Para saber com certeza, o médico geralmente tenta conversar com a família da pessoa. Depois de ter obtido todos os detalhes, o médico pode definir qual transtorno de personalidade a pessoa tem.

De que maneira o médico trata os transtornos de personalidade?

O médico trata os diferentes tipos de transtornos de personalidade de maneiras diferentes. Psicoterapia ou acompanhamento psicológico é uma parte importante do tratamento. Tipos diferentes de psicoterapia podem ser melhores para transtornos de personalidade diferentes.

A medicação pode ajudar a aliviar alguns sintomas de alguns transtornos de personalidade, como depressão, ansiedade, alterações de humor ou pensamento bizarro. Porém, a medicação não cura o transtorno.

Ter pessoas da família envolvidas no tratamento ajuda. Uma equipe de psiquiatras, enfermeiros, assistentes sociais ajudam a dar apoio a pessoas com problemas mais graves.

A mudança ocorre lentamente. Embora seja possível que os comportamentos mudem no prazo de um ano, pode ser mais difícil haver mudança nos traços de personalidade.

Às vezes, é possível que comportamentos perigosos precisem de tratamento em um hospital por alguns dias.

Os tratamentos podem ajudar a pessoa a:

  • Ter menos estresse, ansiedade ou depressão

  • Entender que seus problemas não são causados por outras pessoas ou situações

  • Evitar comportamentos arriscados ou nocivos

  • Tentar mudar os traços de personalidade que estão causando problemas

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS