Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando
Fatos rápidos

Esquizofrenia

Por

The Manual's Editorial Staff

Última revisão/alteração completa jan 2020| Última modificação do conteúdo jan 2020
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha os detalhes completos
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

O que é esquizofrenia?

Esquizofrenia é uma doença mental grave na qual a pessoa perde o contato com a realidade (psicose). A pessoa com esquizofrenia pode ter alucinações (ver ou ouvir coisas que não são reais) ou acreditar em coisas incomuns que não são verdade.

  • A esquizofrenia não é simplesmente ter um comportamento incomum ou esquisito, ela impede que a pessoa tenha uma vida normal

  • A pessoa tem problemas no trabalho, nos relacionamentos com outras pessoas ou para tomar conta de si mesma

  • Se a esquizofrenia não for tratada, a pessoa pode perder o emprego, perder o contato com familiares ou amigos ou ficar sem teto

  • A esquizofrenia costuma ter início entre os 20 e os 25 anos de idade em homens e um pouco mais tarde em mulheres; a esquizofrenia infantil é rara

  • A esquizofrenia é um mal de família; a pessoa tem mais propensão de tê-la se um dos pais, irmão ou irmã tiver esquizofrenia

  • Os tratamentos incluem medicação antipsicótica, conversar com um psiquiatra e apoio da família e amigos

  • Tomar a medicação com regularidade ajuda muito com os sintomas e com a capacidade de funcionamento

O que causa a esquizofrenia?

Os médicos acreditam que a esquizofrenia é causada por um problema no desenvolvimento do cérebro.

Os médicos não sabem exatamente o que causa o problema no cérebro. Contudo, há mais propensão de a esquizofrenia ocorrer se:

  • Outras pessoas da família tiverem a doença, uma vez que ela é um mal de família

  • A pessoa tiver determinados problemas médicos antes ou após o nascimento, como determinadas infecções, falta de oxigênio ou estar abaixo do peso no nascimento.

A esquizofrenia não é causada por uma criação ruim ou uma infância difícil. Contudo, coisas estressantes ou ruins às vezes desencadeiam a esquizofrenia se a pessoa já tiver risco de tê-la.

Quais são os sintomas da esquizofrenia?

A esquizofrenia pode aparecer subitamente (no prazo de alguns dias ou semanas) ou lentamente (com o passar de vários anos).

A pessoa com esquizofrenia costuma ter:

  • Delírios

  • Alucinações

Delírios são crenças que não são verdade. Porém, os delírios na esquizofrenia não são como ideias incorretas comuns. Muitas pessoas acreditam em coisas que os outros não acham ser verdade. Porém, na esquizofrenia, a pessoa acredita em coisas mesmo quando há forte evidência de que elas são erradas ou evidentemente irreais. Por exemplo, a pessoa pode acreditar que:

  • Trechos de livros, jornais ou letras de músicas estão falando sobre ela

  • Outras pessoas conseguem ler sua mente ou que seus pensamentos estão sendo transmitidos a outras pessoas

  • Ela está sendo perseguida

  • Ela é uma pessoa famosa, como Jesus ou o presidente

Alucinações dizem respeito a ouvir, ver, sentir o gosto ou sentir coisas que não existem. Ouvir vozes é o tipo de alucinação mais comum. Essas vozes costumam dizer coisas maldosas sobre a pessoa ou dar ordens.

Outros sintomas da esquizofrenia incluem:

  • Mostrar pouca ou nenhuma emoção

  • Falar pouco, incluindo usar apenas uma ou duas palavras para responder perguntas

  • Falta de interesse em atividades

  • Falta de interesse em relacionar-se com outras pessoas

  • Pensamento confuso

  • Discurso divagante

  • Dificuldade para prestar atenção ou lembrar-se das coisas

A esquizofrenia não é simplesmente ter um modo de pensar ou comportamento incomuns. A esquizofrenia causa sintomas graves o suficiente para causar problemas em casa, no trabalho e com outras pessoas.

Aproximadamente uma em cada cinco pessoas com esquizofrenia tenta se matar e um número muito maior já considerou fazê-lo.

Embora as pessoas com esquizofrenia possam ter crises emocionais e, às vezes, deem a impressão de serem perigosas, sua propensão à violência é apenas um pouco maior que a de outras pessoas.

Como o médico sabe que a pessoa tem esquizofrenia?

Não existe um exame para detectar a esquizofrenia. O médico diagnostica a esquizofrenia tomando por base os sintomas da pessoa. Os sintomas precisam:

  • estar presentes por no mínimo seis meses;

  • causar problemas no trabalho, escola ou relacionamentos.

É possível que o médico também faça exames para verificar se existem outros problemas médicos ou com medicação que possam estar causando o comportamento e precisam de outros tipos de tratamento.

De que maneira o médico trata a esquizofrenia?

Geralmente, quanto mais cedo for iniciado o tratamento, melhor é a chance de a pessoa melhorar. Os tratamentos incluem:

  • Medicação para tratar os sintomas

  • Falar com o psiquiatra regularmente

  • Programas de reabilitação e apoio para ajudar a pessoa a trabalhar, fazer compras, cuidar de si mesma, administrar o lar e ter um bom relacionamento com outras pessoas

  • Psicoterapia para ajudar a entender e lidar com a esquizofrenia

  • Às vezes, tratamento no hospital

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS