Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link
Fatos rápidos

Comportamento suicida

Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha os detalhes completos

O que é o comportamento suicida?

O comportamento suicida ocorre quando a pessoa:

  • Se mata

  • Tenta se matar, mas sobrevive

O número de pessoas que tenta cometer suicídio é dez vezes maior que o número de pessoas que realmente consuma o suicídio. Contudo, é sempre importante levar a sério pensamentos e conversar sobre comportamento suicida e oferecer ajuda e apoio.

Se você, ou alguém que você conhece, tiver pensamentos suicidas ou tiver tentado cometer suicídio, ligue para o serviço de emergência (911 nos EUA) ou para 1-800-273-8255 (a linha nacional de prevenção do suicídio nos EUA).

O que faz com que alguém queira cometer suicídio?

Geralmente, várias coisas precisam dar errado antes de a pessoa tentar se matar. Com frequência, a pessoa está deprimida. A depressão Depressão A depressão é sentir-se demasiado triste ou sem vontade de realizar as atividades diárias, mesmo aquelas de que a pessoa costumava gostar. É normal sentir tristeza quando algo triste ocorre... leia mais é uma sensação de tristeza tão profunda que essa infelicidade impede que a pessoa viva a vida normalmente. A depressão pode ser desencadeada por um evento, como a morte de um ente querido ou a depressão pode ter início sem um evento entristecedor.

Além da depressão, outros problemas da vida que aumentam o risco de ter um comportamento suicida incluem:

  • Ter um problema de saúde grave

  • Ter um transtorno de saúde mental grave além da depressão

  • Ter problemas financeiros

  • Perder um ente querido

  • Ter problemas com entorpecentes ou álcool

De que maneira é possível saber que uma pessoa está correndo o risco de apresentar um comportamento suicida?

As pessoas que falam sobre suicídio têm um risco maior se elas tiverem um dos problemas de vida enumerados acima e se a pessoa também:

  • Já tiver tentado cometer suicídio

  • Tiver alguém da família que cometeu suicídio ou tinha um transtorno de saúde mental grave

  • Parecer estar sempre pensando em suicídio

  • Tiver um plano específico

  • Tiver sofrido abuso na infância

  • For mais velha (principalmente se for do sexo masculino)

O que são antidepressivos?

Antidepressivos são medicamentos utilizados para tratar a depressão. A pessoa precisa tomar os antidepressivos que o médico lhe orienta a tomar, caso contrário, ela estará mais propensa a concretizar os pensamentos suicidas. Não pare de tomar os antidepressivos salvo por orientação médica.

Às vezes, pode haver um aumento dos pensamentos suicidas (mas não agir de modo a concretizar esses pensamentos) em crianças e jovens no começo da terapia com antidepressivos. Se a criança estiver tomando um antidepressivo, é preciso ficar atento aos seguintes sinais de alerta, especialmente nas primeiras semanas de tratamento:

  • A criança parece estar ainda mais ansiosa

  • A criança parece estar agitada, irritada ou irada

  • A criança parece estar irrequieta

  • A criança está alegre e cheia de energia, mas fica facilmente irritada, distraída ou agitada

Ligue para o médico da criança imediatamente caso note algum dos sinais de alerta acima.

Como é possível prevenir o comportamento suicida?

Sempre leve a sério quando uma pessoa ameaça ou tenta se matar.

Ligue para o serviço de emergência (911 nos Estados Unidos).

Ligue para o serviço de emergência para pedir ajuda caso uma pessoa esteja ameaçando cometer ou já tiver tentado cometer suicídio. Continue conversando com a pessoa que ameaça se suicidar com uma voz calma e tranquilizadora até a ajuda chegar.

Ligue para a linha nacional de prevenção do suicídio (1-800-273-8255) nos Estados Unidos.

Se você (ou alguém que você conhece) estiver pensando ou falando sobre cometer suicídio, ligue para a linha nacional de prevenção do suicídio no telefone 1-800-273-8255 nos EUA. Voluntários com treinamento especial estão à disposição para conversar 24 horas por dia, sete dias por semana. Eles podem:

  • Oferecer soluções positivas para o problema que desencadeou a crise

  • Relembrar a pessoa que ela tem parentes e amigos que se importam com ela e querem ajudar

  • Tomar providências para a pessoa receber ajuda emergencial presencial

  • Descobrir a localização da pessoa e continuar a conversa no telefone até a polícia chegar para ajudar

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
OUTROS TÓPICOS NESTE CAPÍTULO
Comportamento suicida e automutilação
Obtenha o
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Teste os seus conhecimentos
Reabilitação após amputação de membro
Após a amputação do braço, a maioria das pessoas são adaptadas a um braço artificial. Qual dos seguintes componentes de um braço artificial permite que uma pessoa controle os movimentos com mais precisão?
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS